Notícias

Padre Vítor Coelho: vida e vocação do Apóstolo do Rádio

Escrito por Beatriz Nery

22 JUL 2023 - 18H19

Montagem: Maria Alice Figueira/A12

Sacramento, Minas Gerais, uma cidadezinha tranquila, à beira do rio Borá, com 30 mil habitantes e bonitas paisagens. Foi exatamente nesse pedacinho do Brasil que nasceria em 22 de setembro de 1899, virada do século, um grande missionário do reino de Deus.

O jornalismo da Rádio Aparecida homenageia a vida e vocação do "Apóstolo do Rádio", o Venerável Padre Vitor Coelho de Almeida. Acompanhe a série de podcasts:

1° dia - Origem de Padre Vítor – Família

O professor Leão Coelho de Almeida e Maria Sebastiana Alves Moreira foram os pais de Vítor e de outros quatro. Vitor o menino sapeca por grandes tribulações na infância com a perda da mãe, como destaca a Maria Helena de Jesus, professora da cidade de Sacramento.

2° dia – O despertar da Vocação

Uma vocação improvável para muitos, mas Deus chama os escolhidos pelo nome e foi assim que Ele conquistou o coração do pequeno Vítor. Aquele menino de temperamento difícil foi entregue ao tio que era cônego para que tivesse uma boa educação, como destaca a professora Maria Helena.

Padre Ricardo Fidelis, responsável pela Basílica do Santíssimo Sacramento e grande propagador das obras de padre Vítor ressaltou que o chamado do venerável é fruto da misericórdia divina e que ele também foi e continua sendo exemplo para que muitos sejam chamados a vocação.

3° dia – Pés na missão e devoção a Nossa Senhora

Apaixonado pelo anúncio do Evangelho e pelas Santas Missões, um amor pela mãe de Jesus e um carinho pelos devotos de Nossa Senhora! Essas eram grandes marcas de padre Vitor Coelho de Almeida. O missionário redentorista, irmão Mauro Maciel, fala sobre o ardor missionário que o venerável carregava consigo.

A historiadora Tereza Pasin, que teve a oportunidade de conhecer padre Vitor, recorda o seu carinho com os peregrinos que passavam por Aparecida.

 4° dia – O Apóstolo do Rádio - Comunicação e o Pe. Vítor

O apóstolo do Rádio, aquele que levou a fé, a formação e a informação ao povo brasileiroPadre Vítor sabia que era preciso ir além, ele queria que o Evangelho chegasse aos cantos mais extremos do Brasil, lá no sertão, na roça, do povo trabalhador, onde as pessoas não tinham acesso a palavra de Deus, acesso ao básico para se viver.

Grande incentivador da criação da Rádio Aparecida e dos meios de comunicação, iniciou nas ondas do Rádio em 1951 falando através de seu programa "Os Ponteiros apontam para o Infinito".

"Os Ponteiros" às 12h e a "Consagração a Nossa Senhora" às 15h foram marcantes na vida de muitos brasileiros. Em muitos lares era sagrado o momento da oração junto a padre Vítor, como conta o missionário redentorista Irmão Viveiros que teve a vocação despertada através do Rádio quando escutava o Venerável em suas pregações.

Grande sanitarista, além da catequese queria cuidar das pessoas, zelava pela vida em primeiro lugar, orientava os ouvintes sobre a saúde pública, como recordou o Arcebispo de Diamantina Dom Darci José Nicioli.

O atual diretor da Rádio Aparecida Padre Inácio Medeiros fala sobre o legado de Padre Vítor não só para o Rádio, mas para todo o complexo de evangelização, em especial sobre como o Apóstolo de Aparecida incentivou a participação do leigo através do Clube dos Sócios.

5º dia - O processo de beatificação

A vida de padre Vítor inspira a muitas pessoas. Ele lutou contra a tuberculose, se mantendo forte na fé e, curado, continuou a sua missão de evangelização. Jamais esmoreceu, sempre bem-humorado, um carisma sem igual, falou ao povo brasileiro, e despertou admiração em muitos devotos.

Ele não gostava, mas em vida as pessoas já o chamavam de santo. No dia 21 de julho de 1987, a exatos 36 anos, partiu para a casa do Pai, deixando aqui a semente plantada de uma árvore que cresce a cada dia e dá frutos. As pessoas continuaram a passar de geração em geração os ensinamentos de Padre Vítor.

Em 1998 iniciou-se o processo canônico de beatificação do padre Vítor Coelho. Há um ano, o Papa Francisco o reconheceu como venerável. vice-postulador da causa, o redentorista Padre Anísio Tavares explicou que esse é um grande passo para a evolução da causa. O Arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes ressalta que com esse passo vai se confirmando a santidade do Venerável, não apenas para a comunidade redentorista, mas para todo o povo brasileiro.

Aqueles que o ouviam desde a infância hoje recorrem a intercessão dele, como é o caso de Valéria de Souza, da mesma cidade do Venerável, ela conta que ela e o esposo pediram a intercessão de padre Vítor pela cura de uma enfermidade e que foram prontamente atendidos.

"Pai santo, hoje vos agradecemos especialmente porque nos destes Padre Vitor como exemplo de confiança na misericórdia de vosso Filho Jesus Cristo e de zelo na pregação da vossa palavra".

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...