Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 22 ABR 2019 - 14H26

Por que as imagens ficam cobertas durante a Quaresma nas igrejas?

Foto: Thiago Leon
Foto: Thiago Leon
Celebração da Paixão do Senhor - Sexta-feira Santa no Santuário Nacional

Ao longo dos 40 dias de Quaresma, ao participar das celebrações em suas comunidades, os fiéis percebem que as imagens presentes nos altares e demais pontos das igrejas estão todos cobertos por um manto roxo. Esta dúvida sobre qual o mistério a respeito dessa tradição, é da Silamar Pereira da Silva, de Jataí (GO).

No ano de 1962, após o Concílio Vaticano II, houve a orientação de, a partir do 5º domingo da Quaresma, as imagens dos santos permanecerem cobertas até o Sábado Santo, sendo que o Cristo Crucificado é descoberto um pouco antes, na Sexta-Feira da Paixão, quando é desvelado na Celebração da Paixão, no momento da Adoração à Santa Cruz.

Segundo o Padre Henrique Maciel, missionário redentorista responsável pelo quadro 'Religião Também se Aprende', a prática de cobrir as imagens dos santos, sobretudo os crucifixos, tem o sentido de antecipar o luto da Igreja pela morte do Senhor.

Ouça a explicação completa.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.