Por Fábio Santos Em Espiritualidade Atualizada em 02 ABR 2019 - 10H38

Tenho vontade de quebrar tudo!

Fizkes/Shutterstock
Fizkes/Shutterstock

"Nada dá certo", "tudo o que quero, não consigo fazer", "as pessoas que deveriam me ajudar não conseguem e eu não consigo melhorar", "as dificuldades seguem piorando", "além do mais, tem isso e tem aquilo, aquela doença, aquela pessoa que sempre é uma dificuldade a mais", "os dentes até doem de tanto eu apertar"...

Às vezes dá vontade de quebrar tudo, de descontar todas essas mágoas em algo ou alguém. Quanta raiva vai se acumulando! Já não consigo dormir direito, sempre com essa tensão das urgências e o desgaste das tristezas, de enfrentar estas coisas. Parece que estou sozinho, sem contar os pecados, que me frustram ainda mais.

Leia MaisPreciso de ajuda Como saber orar?Por que fazemos abstinência de carne na Quaresma?Preciso de Ti, Jesus! Jejum digital: uma alternativa para essa QuaresmaComo eu gostaria de ficar em paz novamente!" 

Eis um excelente desafio para esta Semana Santa. A dica que eu posso lhe dar é a de que, diante disso, você deve sorrir. Aprenda a aceitar a vida com ela é.

Sim, não dá para voltar no tempo. Então, respire fundo e pense: O que posso fazer? O que Deus quer fazer com tudo isso? Quais as consequências dos meus atos?

Depois dessa abertura à “Santa Prudência do Espírito”, vou lhe contar que você está numa situação da sua vida que Santo Inácio chama de “desolação”. E, para esse momento, ele tem uma dica de ouro:

“No tempo da desolação não se deve mudar nada, 
mas perseverar firme e constante nos propósitos feitos no tempo da consolação;
porque do mesmo modo que na consolação nos aconselha e guia o bom espírito, 
assim o mau nos causa, na desolação, 
sugestões a que não podemos dar assentimento”.

Este conselho dos Exercícios Espirituais Inacianos são muito convenientes na Quaresma, você não acha? É como escutar Jesus no Horto das Oliveiras – “De joelhos, rezava: Pai, se quereis, afastai de Mim este cálice! Mas não aconteça como Eu quero, mas como Vós quereis! (Lc 22,41-42).

Sendo assim, meus conselhos são:
- Confie em Deus;
- Persevere;
- Busque fazer o que Deus faria.

Escrito por
fabio santos (Arquivo Pessoal)
Fábio Santos

Fábio Santos Araújo é leigo Consagrado no Sodalício de Vida Cristã em Petrópolis (RJ). Formado em Filosofia, cursa graduação em Teologia na Universidade Católica de Petrópolis

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.