Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 08 AGO 2019 - 09H08

Cúria de Juiz de Fora (MG) evangeliza através de grafite

A Avenida Barão do Rio Branco, em Juiz de Fora (MG), acaba de ganhar um colorido diferente. O muro que cerca o terreno da Cúria ganhou artes em grafite.

A ideia foi do Arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, que encontrou uma oportunidade de catequizar a céu aberto. “É uma coisa artística e ao mesmo tempo catequética, mostrando a identidade do lugar. Nós chamamos aquela colina de ‘Colina da Fé’, porque temos a Cúria, o Seminário, o Lar Sacerdotal, a Igreja São José, tudo concentrado ali. Então, o muro se torna um cartão de visitas, um convite a entrar no espaço em que está centrada grande parte da vida da Igreja de Juiz de Fora”, diz o Arcebispo.

E como são compostas as pinturas?

- 20 cenas bíblicas sobre as contemplações dos mistérios do Terço;

- História da Igreja: seu início, com os pilares São Pedro e São Paulo e o mártir Santo Estevão;

- A Idade Média, representada por São Bento no século VI, São Francisco no século XIII, e Santa Teresa no século XVI;

- Contemporaneidade, tendo o Concílio Vaticano II como marco principal, através das figuras de São João XXIII e de São Paulo VI, além de suas quatro constituições principais - Sacrosanctum Concilium, Lumen Gentium, Dei Verbum e a Gaudium et Spes;

- A Igreja local, representada pela Catedral Metropolitana.


Assessoria de Comunicação - Arquidiocese de Juiz de Fora
Assessoria de Comunicação - Arquidiocese de Juiz de Fora
Arte em Grafite nos muros da Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Juiz de Fora (MG)


Os grafites são de autoria de Igor Moreira de Abreu, cujo nome artístico é “Tenxu”, e de João Batista Medeiros, conhecido como “Ileso”. Os artistas iniciaram a pintura do muro em junho e fizeram o trabalho de forma voluntária.

“Eu ministro oficina de desenho para as crianças no Instituto Padre João Emílio. Vejo que uma oportunidade como esta é uma contribuição que nós, artistas, podemos dar para a sociedade”, conta Igor.

Para IIeso, a oportunidade quebrou paradigmas. “A gente ficou muito feliz de estar fazendo esse trabalho. Foi muito bom, espiritual e profissionalmente”.

Tenxu e Ileso têm diversos grafites espalhados por Juiz de Fora e por outras cidades brasileiras.

A fachada da “Colina da Fé” segue em reforma e, ao final, a intenção é de que novos grafites sejam feitos na segunda parte do muro. As referências religiosas para esta parte, entretanto, ainda não foram definidas.

Fonte: *Com informações da Arquidiocese de Juiz de Fora (MG)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.