Por Matheus Andrade Em Igreja

Papa Francisco canoniza Madre Teresa de Calcutá

Papa Francisco proclamou como Santa, neste domingo (4), Madre Teresa de Calcutá, religiosa fundadora da Congregação das Missionárias da Caridade e vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 1979, que dedicou toda sua vida na assistência e cuidado aos pobres.

:: Infográfico: conheça a biografia e o legado de Madre Teresa ::

Beatificada por São João Paulo II em 2003, a albanesa que exerceu sua missionariedade na Índia, teve o decreto da Congregação da Causa dos Santos divulgado pelo Vaticano em 17 de dezembro último, dia do 79º aniversário do Papa Francisco.

O órgão investigou um milagre atribuído à intercessão da madre para a cura inexplicável de um homem em Santos (SP), em meados de 2008. Marcílio Haddad Andrino, engenheiro mecânico de 42 anos agraciado pela intercessão da santa, que participou da Missa de Canonização ao lado de sua esposa e de suas duas filhas, quando participou do momento do ofertório.

 

Também compareceram à celebração dezenas de cardeais, centenas de bispos, e cerca de 120 mil de devotos de todo o mundo, que tomaram a Praça São Pedro envoltos em uma emoção constante.

Em sua homilia, Papa Francisco abordou o evangelho do dia, o relacionando com a Missão que Santa Tereza de Calcutá assumiu em sua vida. “Somos chamados a por em prática o que pedimos na oração e professamos na fé. Não existe alternativa para a caridade; quem se põe ao serviço dos irmãos, embora não o saibamos, são aqueles que amam a Deus", enfatizou o Santo Padre.

Tempo de Festa – Quem percorria os espaços sagrados de Roma nos dias que antecederam o domingo da canonização, já era convidado a mergulhar na vida Santa Tereza de Calcutá. 

Atividades já traziam aos fiéis aspectos de sua espiritualidade. Na última quinta-feira (1) foi inaugurada uma exposição sobre a vida a e mensagem da Santa das Sarjetas, como também era conhecida, na Universidade LUMSA. No fim do dia uma festa com os pobres e para os pobres das Missionárias da Caridade, aconteceu no Auditório Santa Cecília.

Na sexta-feira (2) Missas em diferentes idiomas foram celebradas na Basílica Santa Anastásia em Roma e durante todo o dia também foi feita na Basílica de São João de Latrão a Vigília de Oração com Adoração Solene.

- Acompanhe a partir das 17h45, na TV Aparecida, a Missa de Canonização

No dia que antecedeu a canonização, os devotos foram presenteados com um evento de Oração e Meditação Musical, com um oratório em homenagem à Santa na Basílica San Andrea della Valle. Em seguida houve um momento de veneração das relíquias de Madre Teresa.

Agora, após a Missa Solene de canonização, ainda há programação em homenagem a ela. Na segunda-feira (5) a primeira festa de Santa Teresa de será celebrada na Praça São Pedro, com uma Missa de Ação de Graças às 10h, horário local. À tarde acontecerá um momento de veneração das relíquias da nova Santa na Basílica de São João de Latrão, que se estande também à terça-feira (6).

Dias 7 e 8 de setembro as relíquias estarão na Igreja de São Gregório Magno ao Celio também para veneração. O quarto da Madre Teresa no Convento de São Gregório também poderá ser visitado

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Matheus Andrade, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.