Por Eduardo Gois Em Mundo Atualizada em 13 NOV 2019 - 15H13

Igreja no Chile é incendiada durante protestos

Uma manifestação da extrema esquerda no Chile reuniu mais de 200 mil pessoas em Santiago e se transformou em um grande ato de violência e profanação religiosa nos arredores da região central da capital, no último dia 8 de novembro.

Uma igreja foi saqueada, teve o prédio incendiado e quase que a totalidade de seu mobiliário destruído por manifestantes. Bancos, imagens e objetos sacros foram quebrados e incendiados.

.:: Veja vídeo abaixo com detalhes do ocorrido

Pessoas encapuzadas invadiram a Paróquia La Asunción, após três semanas de protestos contra o governo e o aumento dos preços para serviços básicos à população. O país passa por uma onda de crise e pressão popular faz três semanas. 

Leia MaisFraternidade é mais poderosa que o ódio, afirma PapaSeis vezes em que o Papa critica o ódio A igreja em questão também foi pichada por dentro e por fora com os dizeres “Fuego a la Iglesia” – Fogo à Igreja.

Imagens que circulam nas redes sociais dão uma amostra do vandalismo praticado. Agora, fiéis e religiosos tentam articular uma campanha para ajudar a paróquia a ser reconstruída.

Veja galeria abaixo.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Eduardo Gois, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.