Por Elisangela Cavalheiro Em Santo Padre

O Brasão do Papa Francisco

brasao_papa_francisco_2O Brasão do Papa Francisco foi divulgado na manhã desta segunda-feira (18) pela Rádio Vaticano. O Papa Francisco já tinha um escudo anterior, utilizado desde sua consagração episcopal. No escudo Papal, ele decidiu manter os símbolos essenciais. No site da Santa Sé uma explicação esclarece a história e a simbologia que está contida nos brasões pontifícios.

"Desde os tempos medievais, os brasões tornaram-se de uso comum para os guerreiros e para a nobreza, e por conseguinte foi-se desenvolvendo uma linguagem bem articulada que regula e descreve a heráldica civil. Paralelamente, também para o clero se formou uma heráldica eclesiástica. Ela segue as regras da civil para a composição e a definição do escudo, mas coloca em redor símbolos de insígnias de carácter eclesiástico e religioso, segundo os graus da Ordem sacra, da jurisdição e da dignidade. É tradição, pelo menos de há oito séculos para cá, que também os Papas tenham um seu brasão pessoal, além dos simbolismos próprios da Sé Apostólica. Particularmente no Renascimento e nos séculos seguintes, era costume decorar com o brasão do Sumo Pontífice felizmente reinante todas as principais obras por ele executadas. Brasões papais aparecem de fato nas obras de arquitetura, em publicações, em decretos e documentos de vários tipos.

Com frequência os Papas adotavam o escudo da própria família, se existia, ou então compunham um escudo com simbolismos que indicavam um próprio ideal de vida, ou uma referência a fatos ou experiências passadas, ou a elementos relacionados com um próprio programa de pontificado. Por vezes acrescentavam algumas variantes ao escudo que tinham adotado como Bispos. (...) Um brasão é composto por um escudo que tem alguns símbolos significativos e é circundado por elementos, que indicam a dignidade, o grau, o título, a jurisdição, etc".

O Brasão do Papa Francisco

O brasão do Papa Francisco contém a mensagem 'Miserando atque eligendo', que significa 'Com misericórdia o chamou'.

Do escudo utilizado desde que era bispo, o brasão Papal foi enriquecido com alguns símbolos.

O escudo azul é coberto por símbolos da dignidade pontifícia: mitra posicionada entre chaves de ouro e prata entrecruzadas, unidas por um cordão vermelho.

O logotipo da ordem religiosa que pertence o Papa, a Companhia de Jesus, aparece em destaque no alto do escudo.

"O logotipo da ordem é composto de um sol radiante e flamejante carregado com as letras, em vermelho, IHS, monograma de Cristo. A letra H é coberta por uma cruz em ponta e três pregos em preto",  cita nota da Rádio Vaticano.

IHS é a abreviação do nome de Jesus em grego ou da escrita latina do nome como se usava na Idade Média: Ihesus (veja informação no site dos Jesuítas).

"Abaixo, encontram-se a estrela e a flor de nardo. A estrela, de acordo com a antiga tradição aráldica, simboliza a Virgem Maria, mãe de Cristo e da Igreja; enquanto a flor de nardo indica São José, patrono da Igreja. Na tradição da iconografia hispânica, de fato, São José é representado com um ramo de nardo nas mãos. Colocando no seu escudo tais imagens, o Papa pretendeu exprimir a própria particular devoção à Virgem Santíssima e São José", cita nota.

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, mostrou na entrevista coletiva nesta segunda-feira a imagem do brasão do Papa Francisco.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.