Santo Padre

O mistério por trás do Arquivo Secreto do Vaticano

O local, localizado na sede do Papado, no Vaticano, é um dos maiores arquivos do mundo

Escrito por Guilherme Gomes

29 MAR 2022 - 11H37 (Atualizada em 29 MAR 2022 - 13H36)

Reprodução/ Vatican News

Leia MaisPapa alerta sobre conflito de ordem global provocado pela guerra Com prefácio do Papa, documento quer uma Igreja mais inclusivaPapa Francisco anuncia mudanças históricas dentro da IgrejaA curiosidade, por si só, faz crescer o interesse das pessoas em torno de qualquer assunto misterioso, escondido ou secreto. Quando se fala dos supostos segredos de grandes instituições, a curiosidade despertada é ainda maior.

Com a Igreja não é diferente. Afinal, é verdade que existe uma sala de arquivos secretos no Vaticano?

Sim. É verdade.

O Arquivo Secreto do Vaticano guarda volumes que contam, entre outras coisas, um pedaço da história da humanidade, que se confunde com a própria história da Igreja Católica. Se as prateleiras do local fossem enfileiradas, elas se estenderiam por 85 quilômetros, o que torna o Arquivo um dos maiores do mundo.

São registros de descobertas científicas e geográficas, documentos papais e correspondências diplomáticas. Há também cartas do artista Michelangelo, os papéis da anulação do casamento do rei inglês Henrique VIII e processos da Inquisição, inclusive o de Galileu Galilei.

A curiosidade do grande público em torno do Arquivo do Vaticano aumentou após um best-seller citar o local. No livro de ficção “Anjos e Demônios”, o simbologista Roberto Langdon pesquisa papéis do Arquivo para encontrar um dos quatro cardeais sequestrados pela fraternidade secreta Illuminati.

Assim como na obra de Dan Brown, boa parte dos registros pertencentes ao acervo está à disposição do público, mas a consulta deve ser feita fora da sala secreta, que não está aberta à visitação. Alguns documentos confidenciais só podem ser acessados pela alta hierarquia da Igreja.

Divulgação
Divulgação
Robert Langdon (Tom Hanks), em "Anjos e Demônios", entra no Arquivo Secreto do Vaticano


Por desejo do Papa Francisco
, os Arquivos do Vaticano não são mais “secretos”, mas agora “apostólicos”: Arquivo Apostólico do Vaticano. Isso porque o termo “secreto” gerou muitos equívocos e uma imagem distorcida sobre o que poderia estar sendo guardado pela Igreja.

O termo secreto aguçava a curiosidade, e muitas pessoas logo tinham a ideia de que a Igreja escondia informações e dados importantes da história. Não é verdade e explica-se: a palavra “secreto” vem do latim e quer dizer que o arquivo era um local particular e pessoal do Vaticano.

Com a mudança, nada de sua natureza foi perdido ou alterado. O local continua sendo uma das instituições mais antigas e com uma clara missão: preservar os documentos do Papa, dos diversos órgãos da Cúria, disponibilizando-os àqueles que os solicitam.

Arquivo itinerante

Hoje, o Arquivo Apostólico do Vaticano fica concentrado em um só local: dentro do Vaticano, na Itália. Mas engana-se quem acredita que sempre foi assim.

No início, o arquivo era itinerante e acompanhava o Papa em suas peregrinações.

Os documentos acompanhavam os deslocamentos dos Papas para as suas residências ou para outros territórios. Eram transportados e armazenados, geralmente, em arcas. Devido a esta itinerância, e apesar de todos os cuidados, alguns documentos perderam-se, fruto de acidentes de percurso ou devido à degradação dos mesmos (...)”, escreveu José Eduardo Franco em “Para uma história do Arquivo Secreto do Vaticano”.

Após a conquista de Roma, Napoleão Bonaparte ordenou a transferência desse arquivo para Paris. Mais tarde, a documentação regressou a Roma, local onde está até os dias atuais.

.:: Conheça os locais secretos do Santuário Nacional de Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Guilherme Gomes, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.