Por Redentoristas Em Missionários Atualizada em 24 MAI 2019 - 08H50

Irmão João Batista de Viveiros


Irmão redentorista.


NOME COMPLETO:  Irmão João Batista de Viveiros

NASCIMENTO: 19 de agosto de 1953, em Matipó-MG.

PAIS: Raimundo Braz de Viveiros e Maria Nunes de Viveiros.

PROFISSÃO TEMPORÁRIA: 01 de fevereiro de 1981, em São João da Boa Vista.

PROFISSÃO PERPÉTUA:  02 de agosto de 1987, em Aparecida SP.

ESTUDOS REALIZADOS (CAPACITAÇÃO PASTORAL, PROFISSIONAL OU ARTÍSTICA) A PARTIR DO II GRAU:

- Concluindo o II Grau, fez o curso de Administração de Empresas na Faculdade de Administração, Ciências Econômicas e Contábeis de Guaratinguetá, no período de 1982 a 1985.

- No período de fevereiro de 1991 a dezembro de 1994, fez o curso de Teologia no Instituto Teológico São Paulo, Bairro do Ipiranga - São Paulo – SP.

COMUNIDADES ONDE VIVEU E CARGOS JÁ EXERCIDOS:

- De 1981 a 1987, Aparecida-SP, Secretariado Vocacional da Província de S. Paulo;

- De 1988 a 1990, Potim-SP, formador no Seminário São Geraldo;

- De 1991 a 1996, São Paulo-SP, formador e estudante;

- Em 1997, Araraquara-SP, missões populares;

- De 1998 a 2002, Aparecida-SP, CERESP;

- De 2003 a 2005, Potim-SP, diretor-formador;

- 2006 Aparecida-SP, Santuário e TV Aparecida; 

- Secretariado Vocacional Redentorista; 

- Em 2019, foi transferido para a Comunidade Redentorista de Araraquara, para atuar na Equipe Missionária. 


TESTEMUNHO VOCACIONAL

O que Santo Afonso representa na sua vida?

Para mim, Santo Afonso foi o homem da obediência. Em primeiro lugar obediência à vontade de Deus e depois, obediência às necessidades dos pobres. Conduzido por essas duas obediências, Afonso foi capaz de assumir vários êxodos em sua vida. Rompeu com sua classe social, o que lhe custou muito caro. Enfrentou grandes acusações e não foi compreendido pelos companheiros de tribunais. Rompeu com o próprio pai e familiares, o que também não foi fácil. Rompeu com sua situação confortável na cidade para viver no meio dos pobres e como pobre. A vontade de Deus e as necessidades dos “Cabreiros” tornaram Afonso modelo, inspirador, referência para todos nós Missionários Redentoristas do passado, do presente e do futuro.

Você foi feliz em sua escolha vocacional?

Embora não conhecendo pessoalmente nenhum irmão, a partir dessa descrição, senti no coração um grande desejo de ser Irmão Redentorista. Passado alguns dias, recebi uma carta convidando para participar da Convivência vocacional no Seminário São Geraldo, no Potim.No processo de formação conheci vários irmãos e pouco a pouco, fui me identificando com essa vocação e hoje já tenho trinta e quatro anos de vida consagrada na Congregação como Irmão Redentorista. Gosto de ser Irmão. Sinto-me bem vivendo essa vocação. Sou realizado naquilo que faço e que vivo. Posso dizer com segurança que sou feliz na escolha vocacional que fiz.

O que significa ser redentorista?

Para mim, ser Redentorista é uma vocação e uma missão na Igreja. É experimentar na própria vida a misericórdia de Deus, trazida por Jesus e é deixar-se conduzir pelo Redentor. Ser Redentorista é ter no coração duas grandes paixões: por Jesus Cristo e pelo povo, particularmente pelos mais abandonados. É doar a vida, gastar os dias em favor da vida de tantos irmãos necessitados de esperança, de dignidade e de amor. Ser Redentorista é partilhar os dons com os confrades vivendo, rezando, trabalhando em comunidade. É assumir o compromisso de evangelizar pelo testemunho de vida e pelo anúncio da palavra de modo simples, claro e vital. Ser Redentorista é gostar muito de Nossa Senhora e proclamar as glórias da Mãe de Jesus e nossa mãe, Maria Santíssima.

Conheci os Missionários Redentoristas ouvindo a Rádio Aparecida. Senti-me atraído pela maneira de falar do evangelho e senti no coração um grande desejo de me tornar um deles. Escrevi manifestando o meu desejo e recebi uma carta falando das duas possibilidades de consagração, sendo missionário padre e sendo missionário irmão. Descreveram a vocação do irmão como aquele que deixa pai, mãe, família, bens, namorada, deixa tudo para colocar-se inteiramente a serviço do Reino de Deus com todas as suas forças, com todos os seus dons e talentos, com toda a sua capacidade de amar e servir. O Irmão vive numa comunidade de consagrados e com simplicidade participa da missão de evangelizar os pobres.

:: Veja o que o Irmão Viveiros fala sobre a Copiosa Redenção


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Missionários

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.