Por Pe. José Marques Dias, C.Ss.R. Em Notícias

Missões Redentoristas: Vivendo a graça dos sacramentos

As Santas Missões são um "Tempo Forte de Evangelização" para que as pessoas possam, de modo mais completo e efetivo, experimentar a graça de Deus em suas vidas. Em suas diversas fases, os cristãos “Vivendo e crescendo em comunidade, unidos ao Cristo Ressuscitado”, vão fazendo acontecer a sua missão maior de ser sinais do Reino de Deus no mundo. A Missão se caracteriza também como um tempo de festa e alegria na comunidade. Tempo de se dar as mãos, para fazer a experiência de amor de Deus-Pai que é revelado a nós de forma especial em Jesus Ressuscitado, vivo e agindo no meio de nós!      

Padre Werner nas missões    

A Missão Popular Redentorista renovada busca ajudar as pessoas a descobrirem a ação de Jesus em sua caminhada, repetindo hoje os mesmos gestos de salvação de Deus-Pai, pelo Espírito Santo. Por isso em todo o processo da Missão, se evidencia os Sacramentos da Igreja, porque eles atualizam a ação redentora em nosso favor. Através desses gestos e ritos de fé, a comunidade celebra a Vida de Jesus e sua doação por nós e ainda a nossa vida em Jesus. Os sacramentos celebrados de modo festivo tornam-se os canais privilegiados da graça de Deus e ganham um relevo especial.

 

"Os sacramentos celebrados de modo festivo tornam-se os canais privilegiados da graça de Deus e ganham um relevo especial".

Nas Santas Missões trabalha-se primeiro o Sacramento da Penitência ou Reconciliação, pois além dos padres missionários estarem a maior parte do tempo à disposição para ministrar este sacramento, as celebrações penitenciais são voltadas para a mudança de vida e na reconciliação com Deus e com os irmãos. Depois disso, a Eucaristia faz-nos perceber o grande presente que ganhamos de Deus-Pai. Celebrada todos os dias, chama-nos a nos unirmos mais intimamente a Cristo. A Eucaristia é força e sustento na caminhada cristã, sobretudo aos missionários leigos que atuam nos serviços e ministérios das comunidades.

Os doentes e idosos que não podem frequentar a igreja são visitados pelos missionários em suas casas. Com esta visita podem receber o sacramento da Unção dos Enfermos, conforto e esperança nas horas difíceis da vida. Com a visita do missionário, somos também convidados a fazer-nos presente na vida dos irmãos que sofrem como gesto de solidariedade. Por fim, também nos encontros e celebrações com os jovens e com as crianças, os sacramentos são sempre lembrados, mesmo aqueles que fazem a proposta de um compromisso de vida consagrada como o Sacramento da Ordem. Pela celebração dos Sacramentos a comunidade se renova, a fé torna se uma realidade atuante e passa a fazer parte da vida do dia a dia do cristão.

Pe. José Marques Dias, C.Ss.R.
Comunidade Irmão Bento - Potim (SP) 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José Marques Dias, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.