Por Pe. Carlos Alberto Pereira, C.Ss.R. Em Notícias

O desafio de evangelizar uma grande cidade

Equipe Missões
Equipe Missões

O pároco, Padre Francisco está esperançoso e com grande expectativa de que este trabalho missionário será um tempo da graça de Deus na Paróquia Catedral de São Sebastião.

Estamos imaginando que este trabalho ajude os fiéis, no encontro consigo mesmo e com a perspectiva de uma Igreja em saída, como anunciada pelo Papa Francisco. Uma Igreja que vá ao encontro dos feridos, dos marginalizados, para o anúncio da graça de Deus, de um tempo de alegria, de paz, de partilha e comunhão, de implantação do Reino de Deus.

A realidade atual, desafio para as Missões Redentoristas

A última missão pregada pelos Missionários Redentoristas na igreja catedral de Ribeirão Preto aconteceu em 1940. Esta data pode ser confirmada na entrada da igreja, no lado esquerdo, onde está fixada uma cruz na parede, com o dizer: “Salva a tua Alma” e “Missões pregadas pelos Missionários Redentoristas”.

Mas hoje a realidade é totalmente diversa daquela época. No território da catedral temos hospitais, templos evangélicos, faculdade, repúblicas estudantis, colégios e prédios públicos. São pouquíssimas as residências, mas muitos prédios comerciais, terminais de ônibus, com predomínio do comércio. Devido a proximidade do Terminal Rodoviário da cidade e do há um constante fluxo de pessoas pela Praça da Catedral.

Na realidade de centro urbano de uma grande cidade, pois Ribeirão Preto possui uma população que se aproxima dos 700 mil habitantes, a maioria do que frequentam a catedral e que atuam nas diversas pastorais são provenientes de outras paróquias e comunidades.

Os membros das pastorais mudam com frequência devido a rotatividade das famílias. Por outro lado, muitos que residem no território da catedral frequentam outras paróquias da cidade.

:: O desafio da missão urbana

Segundo o Padre Francisco, nos finais de semana cerca de 04 mil e no mês de 20 a 25 mil pessoas frequentam a catedral.

Além dos trabalhos pastorais normais na catedral, o pároco iniciou uma nova experiência celebrando missa, todas as quartas-feiras no calçadão, na praça principal no centro da cidade. Está tendo uma boa experiência com grande participação das pessoas. Assim está sendo possível conseguir uma maior diversidade na Ação Pastoral, com boa articulação entre as lideranças.

As Santas Missões Redentoristas chegam para reforçar este projeto, trazendo mais vida à comunidade e sentido de pertença à toda Igreja.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Carlos Alberto Pereira, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.