Por Redação A12 Em Notícias

Planejamento e organização na pauta dos Redentoristas em novembro

O TEMPO E A SOCIEDADE EXIGEM E AS SANTAS MISSÕES GANHAM EM PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO 

Os anos 60 do século passado trouxeram aceleradas mudanças na sociedade brasileira, atingindo todos os níveis e seguimentos da vida do ser humano. Estas mudanças tornaram-se ainda mais profundas nas décadas seguintes. Acompanhando essas transformações sociais a Igreja também passou por um período de intensa fermentação graças, sobretudo, ao Concilio Vaticano II. Entre nós, na América Latina e no Brasil, ganharam projeção as Conferências Episcopais promovidas pelo CELAM e as Assembleias promovidas pela CNBB em Itaici.

Acompanhando esta movimentação também as Santas Missões Redentoristas, como método de Pastoral Extraordinária, se transformaram, ganhando atualidade e eficácia, ajudando a implantar um “novo modo de ser Igreja”, mais de acordo com a realidade da época. Desde então a equipe missionária passou a agir de forma mais planejada, organizando melhor suas atividades como forma de se atingir a eficiência tão necessária diante do ritmo de mudanças da sociedade moderna e da Igreja.

A partir do fim dos anos 60, as Santas Missões passaram a se organizar em fases consecutivas chamadas então de Pré-Missão remota, Pré-Missão próxima, Missão e Pós-Missão. Isto se fez necessário para que se rompesse com aquela visão errônea de ser “fogo de palha”, terminando sem deixar nada de mais concreto numa paróquia missionada. Também para ajudar no processo de organização das missões foram convidadas irmãs de algumas congregações religiosas para se integrarem à equipe missionária redentorista, com o fim de coordenar o processo de preparação, cuidando dos detalhes práticos de sua organização. 

Mudanças acontecem

Deste tempo em diante o funcionamento interno da equipe missionária também sofreu alterações e foram dados passos significativos que hoje fazem parte do processo normal de sua vida e organização:

- Os integrantes da Equipe Missionária foram distribuídos em 3 casas, como existe até hoje, residindo em São João da Boa Vista, Tietê e Araraquara; 
- Para melhor desempenhar os seus trabalhos, o antigo “Chefe da Missão” que era um coordenador único, nomeado diretamente pelo superior provincial, foi substituído por um Conselho Missionário formado pelos coordenadores das 3 equipes. Este conselho se responsabiliza agora por todo o andamento da equipe e das missões; 
- Por volta de 1967 passou a ser organizado o chamado “Calendário Missionário” constando nele todas as atividades da equipe como planejamento, estudos, missões e outros trabalhos pastorais e atividades.

Por causa deste Calendário Missionário que fez com que a Ação Missionária Redentorista se tornasse muito mais eficaz, nós reservamos um período chamado de Novembrada, pois ele ocorre normalmente no mês de novembro, e nos retiramos para um lugar mais tranquilo para realizarmos o nosso retiro espiritual, para um tempo de estudos relacionados com temáticas missionárias atuais e para o planejamento das diversas atividades da equipe. 

Novembrada

Na atual forma de organização da equipe, as atividades missionárias diretas são concentradas até o fim do mês de outubro. No mês de novembro realizamos uma “Parada Missionária”, a famosa “Novembrada”, que é um tempo reservado em novembro para atividades como estudos, planejamento, organização das missões do ano seguinte e retiro espiritual. 

O encontro das diversas equipes missionárias da Província de São Paulo começa na próxima quarta-feira (13) na Casa da Pedrinhas em Guaratinguetá (SP) com o objetivo de levantar aspectos relevantes relacionados ao método e organização das Santas Missões, respondendo às inquietações, em vista de futuras mudanças estruturais e metodológicas.

Para falar sobre esse assunto o A12.com entrevistou o padre Valdir Benedito da Luz, da equipe missionária do Tietê (SP). Além de responder várias perguntas sobre a realização da Novembrada, padre Valdir também destaca  a Romaria Missionária que será realizada no dia 23 de novembro no Santuário Nacional e reunirá representantes das cidades que receberam as Santas Missões Redentoristas nos últimos 10 anos. Para esse ano, a equipe missionária escolheu o tema 'No Setor Missionário chamados a evangelizar' e lema 'Eis-me aqui'  como proposta para a romaria redentorista.  

 

 

 

Colaboração: Padre Inácio Medeiros, C.Ss.R.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.