Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias

Província Redentorista de Porto Alegre encerra missões em Tunápolis (SC)

De 12 de março a 6 de abril, a cidade de Tunápolis, em Santa Catarina, recebeu a terceira etapa das Santas Missões Redentoristas. Neste artigo, padre Inácio relata o protagonismo dos missionários em terras catarinenses e o sucesso da última fase evangelizadora.

A Província Redentorista de Porto Alegre continua a tradição recebida dos primeiros Missionários Redentoristas alemães que vieram para o Brasil em 1894. Na área do Rio Grande do Sul as primeiras comunidades redentoristas nasceram ainda nas primeiras décadas do Século XX, com missionários oriundos do estado de São Paulo. Hoje sua equipe dedicada à pregação das Santas Missões tem a sede em Lages (SC)  e continua evangelizando através deste método tradicional e eficiente de pastoral.

Todos os anos a equipe missionária, hoje formada por cinco redentoristas, prega as Santas Missões em cidades dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, realizando ainda missões esporádicas na região norte do Brasil onde a Província de Porto Alegre mantém uma missão na cidade de Belém, no estado do Pará.

Nos primeiros meses deste ano, com a coordenação do Padre Enio Biasi, foi evangelizada a cidade de Tunápolis, localizada no extremo oeste do estado de Santa Catarina, na divisa com a Argentina.

missionarios_redentoristas_001

Realidade sócio-religiosa

A cidade de Tunápolis começou sua história na década de 1950, quando os primeiros imigrantes alemães fixaram-se na região, com famílias vindas do estado vizinho, Rio Grande do Sul. Em 20 de setembro de 1970 foi instalada a Paróquia Santíssima Trindade, como parte da diocese de Chapecó.

Em 19 de setembro de 1988, foi realizado o plebiscito cujo resultado aprovou a emancipação do que era ainda distrito. Em 26 de abril de 1989 foi então criado o município de Tunas, que passou a se chamar Tunápolis, em 04 de setembro de 1989.

O município faz divisa com outros municípios da região e também com a República da Argentina, tendo a sua população distribuída em varias comunidades rurais como São Pedro, Pitangueira, Fátima, São Jorge, São José, Bonita, Raigão Alta, Raigão Baixa, Sete Tombos e Canaleta.

Sua população atual está por volta de seis mil habitantes, segundo o senso IBGE 2010, vivendo em grande parte na zona rural dedicando-se, sobretudo, ao trabalho nas granjas e outras atividades rurais.

Santas Missões, tempo de graças

A Equipe Missionária de Lages organiza a pregação das Santas Missões dentro da metodologia usada por outras equipes missionárias.

 

"Nas Santas Missões, as fases consecutivas vão se sucedendo e, desta forma, vão envolvendo todo o povo das comunidades, gerando uma vida de maior participação e compromisso".

Primeiro, a Missão da Visitação organizou a paróquia e as comunidades pela realização do senso religioso, criação dos Setores Missionários, escolha dos animadores missionários e sua formação espiritual e prática para o mutirão de evangelização. A Missão nas Famílias gerou um grande esforço de evangelização inculturada em todas as comunidades da paróquia, pois família evangelizou família. E foi bonito de se ver os andorzinhos percorrendo centenas de famílias em todas as comunidades. Na terceira fase, realizada no mês de abril, com a Missão nas Comunidades, o anúncio da Palavra de fez de forma abundante e vivencial pela Equipe dos Missionários Redentoristas que visitou e animou todas as comunidades rurais e urbanas.

Por fim, com as comunidades e Setores Missionários trabalhando em rede, vem agora o tempo da perseverança em que cada pessoa, cada cristão foi enviado como apóstolo, para ser um discípulo missionário no ambiente onde vive. As lideranças missionárias leigas, os setores missionários e as comunidades foram reenviados para a Missão da Perseverança numa celebração acontecida no último dia 6 de abril.

Também em Tunápolis, agora "é tempo de ser Igreja, caminhar juntos e participar", e o Pe. Enio, juntamente com seus demais companheiros voltam para casa agradecidos pelos frutos alcançados e pelas graças derramadas na vida daquele bom povo. Já se preparam agora para a missão que vai acontecer em todas as comunidades do município e paróquia de Sombrio, também em Santa Catarina, onde teremos a participação de alguns missionários das equipes da Província de São Paulo.

Confira entrevista com o Pe. Enio: 

 

Galeria de imagens: 

 

Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. 
Equipe de Comunicação Santas Missões 

 

 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.