Notícias

Santas Missões: o samaritano como modelo para o Setor Missionário

Escrito por Redentoristas

24 JAN 2021 - 06H00

Pe.Werner

O que entendemos sobre a parábola do Samaritano? Compreendemos realmente o que ela tem a nos dizer no cotidiano da nossa vida?

O padre Denis Francisco, C.Ss.R. o missionário deseja mostrar como devemos viver o acolhimento às pessoas mais necessitadas, a partir do que propõe a parábola do Samaritano, especialmente no Setor Missionário.

Ouça a reflexão ou leia abaixo:

Padre Denis retoma nesta segunda reflexão de uma série voltada para coordenadores e auxiliares das Santas Missões Redentoristas, o tema da Fraternidade Universal e a palavra do Papa Francisco na encíclica Fratelli tutti (Todos irmãos).

Ele destaca os números 64 e 65 da encíclica e dá pistas de como agir nos setores missionários diante do mesmo tipo de realidade. O missionário enfatiza que muitas vezes ignoramos a “ferida” do outro por “termos vergonha de olhar ao lado e ver a pessoa que mais precisa. Já nos habituamos a continuar os passos”, reflete.

Inspirado no evangelho de Lucas capítulo 10, 25 – 37, o papa faz uma linda reflexão sobre o Samaritano que cuidou do homem à beira do caminho jogado, sucateado, espancado pelos ladrões.

“O Papa Francisco prega muito este evangelho quando quer falar da misericórdia”, acrescenta padre Denis.

Francisco reforça que é preciso “reconhecer a tentação que nos cerca de se desinteressar dos outros, especialmente dos mais frágeis”.

Se por um lado, evoluímos em muitos aspectos, o papa vem alertar que ainda somos “analfabetos no acompanhar, cuidar e sustentar os mais frágeis e vulneráveis das nossas sociedades desenvolvidas. Habituamo-nos a olhar para o outro lado, passar à margem, ignorar as situações até elas caírem diretamente em cima de nós”, completa.

Padre Denis convida a pensar quantas vezes já tivemos a mesma atitude no Setor Missionário.

“No seu bairro, na sua família, na sua comunidade e no seu Setor Missionário tem família que está abandonada, na mesma situação. Nós podemos ter atitudes de Bom Samaritano em apoio às famílias mais abandonadas porque talvez faltaram oportunidades para elas”, exorta o missionário.

Fica então um pedido final do missionário:

“Vamos atender as pessoas que mais precisam no Setor Missionário!”, finaliza padre Denis.

Leia Mais Santas Missões: fraternidade como princípio evangelizadorMissões Redentoristas e o anúncio fundamental do Evangelho

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.