Notícias

Santas Missões: fraternidade como princípio evangelizador

Escrito por Redentoristas

19 JAN 2021 - 16H00 (Atualizada em 19 JAN 2021 - 16H14)

Thiago Leon a romaria das santas missões em aparecida  (Thiago Leon)

Numa série de entrevistas especiais, o padre Denis Francisco, C.Ss.R., que atua na Equipe Missionária em Curvelo (MG), vai falar sobre temas relacionados às Santas Missões.

Ele começa trazendo um assunto fundamental que é a fraternidade como princípio da vida e da evangelização. Ele vai lembrar que o tema é tão importante que ele está presente numa missa de forma fixa na programação das Santas Missões. Clique para ouvir!


A fraternidade no Setor Missionário é o tema desta reflexão do padre Denis Francisco. O assunto oportuniza pensar sobre como é importante compreender seus desdobramentos na nossa vida em sociedade e na Igreja.

A partir da encíclica Fratelli tutti, do Papa Francisco, que trata sobre a fraternidade e amizade social, padre Denis faz um apontamento de realidades para considerar na vida comunitária e nos setores missionários. 

Essas realidades indicadas pelo Papa e reforçadas pelo missionário indicam uma grande ferida da nossa humanidade: o descarte tanto de alimentos e bens como de pessoas.

"Partes da humanidade parecem sacrificáveis em benefício de uma seleção que favorece a um setor humano digno de viver sem limites. No fundo, 'as pessoas já não são vistas como um valor primário a respeitar e tutelar, especialmente se são pobres ou deficientes, se 'ainda não servem' (como os nascituros) ou 'já não servem' (como os idosos). Tornamo-nos insensíveis a qualquer forma de desperdício, a começar pelo alimentar, que aparece entre os mais deploráveis'", cita padre Denis ao destacar um trecho da encíclica. 

Leia MaisPedido de Missão Redentorista: leve esta experiência evangelizadora para a sua comunidade Missões Redentoristas e o anúncio fundamental do EvangelhoMissões Redentoristas vão investir nos meios digitais para anunciar Entenda as quatro fases da Missão RedentoristaPadre Denis nos leva a refletir até que ponto damos o devido valor e dignidade para as pessoas que não são tão ativas na vida comunitária e na evangelização. Será que estamos favorecendo a presença dessas pessoas, estamos dando oportunidades a elas ou anulamos sua presença. O certo é que ninguém deve ficar de fora do Setor Missionário, contrariando essa lógica do capital. Enquanto que a sociedade pode avaliar alguém pelo que produz ou representa, Jesus Cristo exorta a darmos a devida dignidade a todas as pessoas sem distinção alguma: todos somos irmãos.  

"A esperança em nossas famílias e em nossos grupos missionários faz com que a gente continue vivendo e se sentindo filhos de Deus", reforça padre Denis.

As Santas Missões Redentoristas ainda estão meio paradas devido a pandemia, mas não totalmente. Por meio de atividades internas, os Missionários tem mantido um cronograma de planejamento intenso e de avaliação para futura retomada da evangelização quando isso por possível.

:: E aí quer levar as Santas Missões para a sua paróquia e diocese? Veja aqui como solicitar a realização das Santas Missões! 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.