Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 01 FEV 2018 - 15H24

Aparecida: a casa do laicato

O Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida é a casa do laicato católico, é ali que o povo brasileiro se congrega como assembleia, povo de Deus. O Altar de Aparecida une os corações dos brasileiros e os faz pulsar num único compasso: o do coração de Cristo. Aparecida é morada de irmãos, ali todos participam da mesa dos comuns, e se compreendem como filhos amados da Senhora Aparecida.

Dentro do projeto do jubileu do laicato, o Santuário Nacional, ocupa um lugar de destaque; pois, é dali que ressoará para todo o Brasil um real sentido do ser católico.

Thiago Leon
Thiago Leon

São diversos os leigos que se dedicam voluntariamente às atividades pastorais no Santuário Nacional, atuando como leitores, ministros da Eucaristia, na acolhida, na pastoral do canto litúrgico e em outras tantas atividades. Cada fiel é convidado a assumir seu protagonismo e a dar sua contribuição nesta obra de evangelização que, desde 1894, é administrada pelos Missionários Redentoristas, guardiões da Imagem da Padroeira do Brasil.

Santo Afonso Maria de Ligório (1696-1787) ao fundar a Congregação do Santíssimo Redentor, convocou seus missionários a serem homens apostólicos e a atuarem pelas Santas Missões, movimento que pelo Brasil a fora ficou muito conhecido. As Missões Redentoristas despertam nos fiéis leigos uma consciência da importância de assumirem a sua filiação batismal e a se comprometer com as atividades de suas comunidades. Pois, um filho de Deus, não foi criado para o ostracismo.

O projeto idealizado por Santo Afonso e propagado por seus missionários é estendido ao Santuário Nacional de Aparecida. Em Aparecida, busca-se promover nos fiéis a importância do comprometimento batismal que o leigo deve ter com sua comunidade de origem, com a Igreja.

O Santuário Nacional é um espelho a refletir um modo de ser Igreja, suscitando nos fiéis leigos o engajamento em suas paróquias, comunidades e capelas.

A mensagem transmitida de Aparecida, a todos que ali vão, é a da responsabilidade de fazer de suas comunidades lugares de acolhida e conversão. É na casa de Maria o lugar onde o laicato católico é convidado a ser discípulo missionário de Jesus Cristo, sendo Sal e Luz (Mt 5, 13-14). Pois, somente dando sabor e iluminando, o mundo pode ser transformado. Aparecida é a casa do laicato, porque é a casa de Maria! Mãe acolhe, congrega e convoca: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5).

Ir. André Luiz Oliveira, C.Ss.R.
Missionário Redentorista

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.