Notícias

Beato Pedro Donders: apóstolo e missionário do Suriname

Relembre a missão e trajetória deste Redentorista que doou sua vida pelos que mais sofriam

Escrito por Mário Pereira

14 JAN 2023 - 07H00

Reprodução

Em 1842, um padre diocesano nascido na Holanda mudou-se para o Suriname, aos 32 anos de idade, com a missão de alcançar os mais distantes, especialmente os indígenas e os escravos negros, além daqueles que sofriam com a hanseníase (chamada à época de lepra)Leia MaisPadre redentorista fala sobre a missão do Beato Donders no SurinameQuem foi Pedro Donders e por que pedir a sua intercessão

O nome do religioso era Pedro Donders e em terras tropicais ele viveu até o fim da sua vida, em 1887.

Antes disso, em 1865, o Papa Pio IX solicitou aos missionários redentoristas para assumirem a missão do Suriname. Os padres que lá estavam – entre eles Pedro Donders – podiam escolher entre voltar para a Holanda e entrar para a família iniciada por Santo Afonso Maria de Ligório. Pe. João Rommen e Pe. Pedro Donders resolveram ser redentoristas e fizeram a consagração religiosa em 1867.

A missão de Pedro Donders e de outros religiosos, de servir aos abandonados, leprosos, pobres, negros e indígenas teve êxito. A colônia, aberta em 1824, chegou a ter 500 leprosos, com uma média de 150 mortes por ano. Quando a colônia foi fechada, em 1897, eram 83 os pacientes, que foram levados para a nova leprosaria de Chatillon.

Pe. Pedro Donders morreu em 1887, aos 77 anos, após contrair uma infecção renal. Em 1901, seus restos mortais foram transladados para a catedral São Pedro e São Paulo de Paramaribo, onde seguem até hoje.

O processo de beatificação do redentorista foi aberto nas dioceses de Den Bosch, na Holanda, e de Paramaribo, no Suriname. Em 1913 ele passa a ser reconhecido como Servo de Deus e, em 1982, é beatificado pelo Papa João Paulo II.

Para celebrarmos a vida e missão de Beato Pedro Donders, rezemos esta oração:

“Querido Pedro, és uma bênção para as pessoas, porque para ti não há diferenças de cor, religião, posição social. Com teu olhar aberto para o mundo, vais ao encontro de cada pessoa como um amigo; com teu coração de ouro mostras como Deus faz acolhendo e se doando a todos. Pedro querido, nas dificuldades da vida ajuda-nos a sermos fortes juntos; ajuda-nos a nos conhecermos e a queremos bem uns aos outros; ajuda-nos a construir uma terra mais bonita e melhor”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Mário Pereira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.