Por Padre José Anchieta Tavares, C.S.s.R Em Redentoristas

A força do missionário

Missa de envio dos missionários redentoristas para Lisboa, Portugal (crédito Imprensa do Santuário Nacional)

Lá pras bandas da Itália, no solo napolitano, um sujeito corajoso, modelo de ser humano, cabra muito inteligente, cantor, poeta, escritor, excelente advogado, que em determinado momento percebeu o sofrimento de um povo solitário. Deixou fama, riqueza e os pais, disse adeus aos tribunais, foi viver com os lazarentos, abandonados, sedentos, seguiu novo itinerário. Hoje eu penso e reflito, falo, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Bem no meio da pobreza tratou de armar sua tenda, tão zeloso com os cabreiros, seus irmãos e companheiros e amigos de verdade. Enfrentou fortes tormentas, desafios, tantas correntes, conviveu com tanta gente que pensava ao contrário. Mas no destino traçado teve Deus como aliado, Jesus sempre do seu lado e a Senhora do Rosário. Grande evangelizador, um soldado lutador cumprindo o seu fadário. É por isso que eu reflito e eu sempre tenho dito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Um Missionário aplicado, decidido, dedicado, gostava do que fazia. Devoto apaixonado pelas glórias de Maria. Falava com o coração e às vezes no sermão declamava poesia. Homem de bom sentimento, pregava com emoções, as letras de suas canções viravam ensinamento. Falar do amor de Deus, gastar os dias pelos seus eram seu dever diário. É por isso que eu reflito, falo alto e repito. EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Com o Espírito da Missão, vendo o povo abandonado fundou a Congregação. Começou com pouca gente, mas cresceu bem de repente, nos deu um tanto de irmãos. E foi logo se espalhando, crescendo e multiplicando, atingindo o mundo inteiro. Uma jornada gloriosa, a redenção copiosa chegando aos corações. Padres, Irmãos sempre unidos, os pobres sendo atendidos por homens tão solidários. É por isso que eu reflito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Somos homens sem fronteira, cidadãos do infinito, sujeitos bons, arrojados, humildes, desapegados, jeitão simples e bonito. Comemos qualquer comida, até dormimos no chão, moramos em qualquer casa, pegamos qualquer condução. Sempre temos bom trato, vamos a pé, pelo mato, somos viajantes de fato, chegamos ao itinerário. É por isso que eu medito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Enfrentamos sol e lama, chuva, poeira e asfalto, mas ninguém nunca reclama. Seja noite ou madrugada, fé em Deus e pé na estrada num constante vai e vem. Nossa luta não tem fim, todo ano é sempre assim. Nós somos organizados, nos trabalhos realizados cumprimos um calendário. É por isso que eu medito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Temos um destino certo, vamos pra longe ou pra perto. Estamos sempre viajando, sempre tem gente esperando, e é pra lá que nós seguimos. Chegamos lá nos lugares, nos palanques, nos altares pregamos com muito ardor, falamos do Deus Amor, de Jesus nosso Senhor, de Maria, a linda Flor, levamos o grande anúncio, nunca agimos do contrário. É por isso que eu reflito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Temos larga experiência, formamos a consciência pra vida em comunidade. Convocamos todo o povo, mostramos algo de novo, criamos novos valores, formamos coordenadores e auxiliares também. Convidamos toda a Igreja, onde quer que ela esteja, porque este é o momento de levar o ensinamento do mais pobre ao milionário. E desse jeito eu reflito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDTIDO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Lá onde estão as crianças, juventude e gente idosa, pessoas de meia idade, na roça e na cidade tudo é gente esperançosa. E nós, com nossa Missão, abrimos o coração, vamos aonde eles estão, com nosso olhar sempre aberto, e assim vemos de perto a história e seu cenário. E é assim que eu medito, penso algo, às vezes grito e em voz alta eu repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Levamos ao mundo a luz, anunciamos Jesus, Caminho, Verdade e Vida. Toda a nossa pregação aponta pra conversão e para o amor sem medida. Falamos da caridade, da vida em fraternidade, que faz viver e crescer na justiça e na igualdade. Abrimos o coração, partilhamos o perdão, e na Santa Refeição nós repartimos o pão que é guardado no Sacrário. Pensando nisto eu reflito, digo consciente e repito: EU TENHO FÉ E ACREDTIDO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Nós entramos nas escolas, insistimos, decidimos, por nada nós desistimos, pois temos que anunciar. Com nosso jeito aguerrido levamos o Evangelho ao Ensino fundamental, chegamos ao ensino médio, mesmo sem muito sucesso nós chegamos ao universo do ensino universitário. E em meio a tanto conflito eu penso um pouco e reflito, digo sem medo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDTIDO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

No mundo das profissões nós levamos as Missões e o anúncio da fé. Nós enfrentamos barreiras, vamos além das fronteiras prontos para o que vier. Decididos Missionários, nós falamos aos lixeiros, passamos por outras classes e chegamos aos doutores, aos artistas e professores, políticos e empresários. Sem querer ser um perito, eu penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Falamos pra fazendeiros, comerciantes, banqueiros, pras lavadeiras também. Domésticas e cuidadoras, as classes trabalhadoras todas têm a sua vez, porque todas são alguém. Gente do Brasil inteiro, e até do estrangeiro, todos entram em nossa agenda. Como bons redentoristas, falamos aos motoristas, que nas ruas ou nas pistas lutam pelo seu salário. Com orgulho eu reflito, penso, repenso e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Na terra bem preparada toda semente é lançada, protegida e bem regada com a água da esperança. Todo o solo é adubado com o adubo sagrado, da marca Perseverança. E assim algo de novo é deixado para o povo, que é o nosso destinatário. E outra vez eu reflito, penso, digo e repito, desta vez num grande grito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Há missionários novinhos, há outros já bem velhinhos, mas repletos de energia. Há alguns de meia idade, que acumulam mocidade, topam qualquer desafio. Executam seus trabalhos, e nunca são quebra galho, não aceitam atos falhos, são homens sérios, direitos, por todos trabalhos feitos merecem o seu salário. Por isso eu também reflito, penso com orgulho e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Não somos homens perfeitos, temos os nossos defeitos, superamos nossos erros, tentamos fazer o certo. Sempre nos qualificamos, nos estudos nós buscamos algo novo para o agir. Somos homens ponderados, discretos e educados e agimos com lisura, porque nossa inspiração vem da Sagrada Escritura. Temos quem nos admira,não aceitamos mentira, porque não somos otários. Pensando assim eu medito, penso, digo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

Findando a reflexão, fica aqui a gratidão por este dom recebido. O nosso Pai Fundador nos deu um grande valor, nos transmitiu seu amor e nos fez anunciadores da paz, do bem e de tantos outros valores. Nossa imensa gratidão por nossa Congregação, por nossa Santa Missão, por nossa imensa bagagem, pela fé, pela coragem, por todo o bem que fazemos, pelo lugar onde estamos, pelas Missões que pregamos nas capelas, nas paróquias, Matrizes e Santuários. E terminando eu reflito, penso, repenso e medito, digo de novo e repito: EU TENHO FÉ E ACREDITO NA FORÇA DO MISSIONÁRIO.

:: A misericórdia na história redentorista

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Padre José Anchieta Tavares, C.S.s.R, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.