Por Elisangela Cavalheiro Em Redentoristas

Editora e Jornal Santuário: “instrumentos concomitantes no tempo”

A Editora Santuário completa neste domingo (10) 113 anos de existência. Uma história centenária que foi construída graças ao pioneirismo e ousadia do Missionário Redentorista, padre Valentim Mooser.

O primeiro produto da Editora Santuário foi o ‘Jornal Santuário d´Apparecida, publicado no dia 10 de novembro de 1900. O exemplar histórico tinha como proposta ensinar o devoto de Nossa Senhora a praticar o bem. 

Rompendo décadas, a Editora Santuário ultrapassou o seu primeiro centenário consolidando-se como uma marca de referência em livros e subsídios de temas religiosos, no nicho editorial católico, e solidificando o Jornal Santuário como um veículo de evangelização imprescindível para aqueles que desejam saber notícias da Casa da Mãe Aparecida e de relevância social e religiosa. 


Ao completar 113 anos, a Editora e o Jornal Santuário, desejam reafirmar sua missão junto ao público católico.  

Editora e Jornal Santuário: instrumentos concomitantes no tempo 

Foto: Jornal Santuário. 

Padre Marcelo Conceição Araújo, C.Ss.R.

O diretor da Editora Santuário, o Missionário Redentorista, padre Marcelo Conceição Araújo, contou ao A12.com como a Editora e o Jornal Santuário buscam atualizar sua missão diante dos desafios e complexidades da atualidade. 

Convergência de missão 

É muito interessante essa percepção de que a Editora e o Jornal Santuário são dois instrumentos concomitantes no tempo, apresentando uma convergência de missão. Basicamente há três anos, com o processo de autonomia que vimos criando para a Editora Ideias & Letras, reafirmamos a missão da Editora Santuário e, por conseguinte, do Jornal, na perspectiva religiosa, voltados especialmente para o público católico. 

Missão da Editora Santuário 

Em relação à Editora, a atualização se dá no sentido de se trabalhar a linguagem e o modo de apresentação dos conteúdos. De um lado, acompanhar a Igreja em sua evolução, todavia sem corresponder a um mero continuísmo. Entendemos que o trabalho da Editora é um trabalho catequético-reflexivo, que deve abrir perspectivas na reflexão e prática pastorais. Nos próximos anos, investiremos no fortalecimento do segmento catequético e na atualização dos devocionários. Hoje, a mentalidade e a demanda dos cristãos católicos são bem diferentes do que há 5, 10 anos atrás. Não podemos manter o mesmo discurso, porque as necessidades e as exigências são outras. 

Missão do Jornal Santuário 

Frente a essa evolução, o Editorial é convidado a se atualizar, se renovar. Quanto ao Jornal, percebe-se que há uma mentalidade de que esse tipo de instrumento já esteja superado. Claro, ao se manter um mesmo esquema por décadas, vai se perceber que os interesses e as buscas do público-alvo vão migrando para outros meios. Por isso, temos trabalhado no sentido de atualizar o Jornal Santuário, não só no conteúdo, mas também em sua apresentação e forma de distribuição. Em seu nascimento, o Jornal estava totalmente vinculado à pastoral redentorista no Santuário. Há algumas décadas, o trabalho vem funcionando num misto entre proximidade e distanciamento. No entanto, o Jornal mantém sua missão que corrobora a pastoral do Santuário. Nos últimos tempos, buscamos estabelecer parceria com o Santuário, realizando a distribuição massiva do Jornal aos romeiros que frequentam Aparecida nos finais de semana. Ao mesmo tempo, buscamos tornar o Jornal mais presente no sentido de ecoar os acontecimentos de Igreja e fatos do cotidiano que interferem na vivência cristã. 

Acompanhar a evolução digital 

No aspecto de agilidade, há também a disponibilização dos conteúdos pelas novas mídias. E claro, é nossa pretensão manter os assinantes, porque ainda que tenhamos mudança no formato do Jornal, mantemos sua missão de ser um instrumento pastoral, que sirva de suporte também às comunidades mais carentes de materiais e de formação pastoral. 

Olhando o futuro 

113 anos, com toda a história que nos antecedeu, nos dá autoridade para olharmos o futuro e compreendermos que, mesmo com as limitações do tempo e das pessoas que atuam na Editora e no Jornal, manteremos nossa perspectiva pastoral, buscando atingir as pessoas e locais mais abandonados e pobres, ansiosos pelo anúncio da abundante redenção trazida por Cristo, filho da Virgem Maria.

 

Acesse: 

Editora Santuário

Jornal Santuário de Aparecida (versão online)

-
 Idéias & Letras. 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.