Por Elisangela Cavalheiro Em Redentoristas

Entrevista: Padre Evaldo completa 10 anos de ordenação sacerdotal

Padre Evaldo César de Souza completa hoje dez anos de vida sacerdotal, dez anos de uma escolha feliz configurada em Cristo, o Redentor.

Uma década depois daquele 5 de junho de 2004, padre Evaldo contabiliza em sua balança da vida, muitos acertos, alguns tropeços, mas sempre com muita disposição e animação. Quem o conhece, seja pessoalmente ou pela televisão, sabe que a alegria é sua marca registrada.

Padre Evaldo César de Souza

Durante essa caminhada a figura do Bom Pastor, acolhedor e amoroso, sempre o acompanhou. Escolheu como tema de vida sacerdotal a passagem de João 10 que apresenta Jesus como um pastor zeloso pelo seu rebanho: ‘Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância’. Sob essa inspiração padre Evaldo vive sua vocação: “Penso em Jesus, diante da multidão cansada, e com gestos e palavras Ele acaricia seu rebanho. Assim tenho tentado viver minha vocação de padre, mesmo cansado, tento levar o melhor para todos”.

No próximo dia 7 de junho, a comunidade mineira da Paróquia São Sebastião de Bom Repouso, que viu sua vocação florescer, irá celebrar com ele esses primeiros dez anos. Na mesma igreja em que foi ordenado, junto de sua família e amigos, padre Evaldo irá renovar o seu sim a Cristo e à Igreja.

Sempre que fala sobre seu ministério, padre Evaldo pede: “Rezem pela minha vocação”. Nesse dia, vamos erguer uma prece de louvor e agradecimento pela vida e vocação do padre Evaldo. 

Em entrevista especial concedida ao A12.com, do qual padre Evaldo é diretor executivo, ele conta alguns aspectos de seu ministério. Confira:

A12 - Padre Evaldo, passaram-se dez anos desde aquele dia especial em que abraçou a vocação sacerdotal. Olhando para o passado, qual o 'painel de experiência humana' que o senhor vê diante de si ao completar essa primeira década?

Padre Evaldo - Foram dez anos de intensa atividade pastoral, sobretudo com a comunicação, e colhi muitos frutos graças a Deus. Obviamente, em 10 anos muito aprendi, errei, acertei, mas a graça de Deus jamais me abandonou. Cresci como ser humano, amadureci minha vocação e creio que tenho sido feliz no caminho que escolhi.

 

"Tendo tido a chance de fazer um bom trabalho, agradeço a Deus, mas estou sempre aberto a tudo o que me pedirem, isso faz parte do meu propósito como religioso". 

A12 - O que espera do futuro?

Padre Evaldo - O futuro é sempre incógnita na nossa vida. Espero errar menos e acertar mais. Espero continuar sendo útil ao meu próximo e, claro, fazendo o meu melhor.

Espero também mudanças, mudar é bom, faz parte da vida, nos ajuda a ver novas possibilidades e caminhos. Tendo tido a chance de fazer um bom trabalho, agradeço a Deus, mas estou sempre aberto a tudo o que me pedirem, isso faz parte do meu propósito como religioso. 

A12 - O tema de sua ordenação, que também é o mesmo da celebração dos seus 10 anos. lembra a figura do Bom Pastor. O que o atraiu e ainda atrai nessa passagem bíblica?

Padre Evaldo - A passagem de João me é muito querida. Penso em Jesus diante da multidão cansada, e com gestos e palavras Ele acaricia seu rebanho. Assim tenho tentado viver minha vocação de padre, mesmo cansado, tento levar o melhor para todos, para que "todos tenham vida em abundância". Viver é bom, mas viver com Jesus é muito melhor, e assim vou trilhando minha vida orientado por este ideal, sempre mirando no Cristo, o Bom Pastor.

A12 - Esses primeiros dez anos foram fecundos e fizeram surgir o padre-escritor. O que esse ofício possibilitou para o seu ministério?

Padre Evaldo - Escrever sempre foi uma tarefa muito agradável para mim! Escrevo muito, o tempo todo. Daí acertar a tarefa de escrever um livro foi um desafio interessante. Surgiu de repente, não havia planejado, mas colhi meu primeiro fruto em 2013 com o lançamento do livro "Para Curtir e Compartilhar - reflexões para jovens", da Editora Santuário. Logo em seguida, outra surpresa boa. A Editora Paulinas aceitou publicar minha tese de pós-graduação e assim coloquei no papel o livro "Igreja na cidade: desafios da evangelização pela televisão". Agora, como presente dos dez anos de padre, outro livro marca minha vida, este bem popular e mariano, onde coloco um pouco do amor que tenho para com Nossa Senhora em textos curtos e espirituais. O livro se chama "Minha mãe é Maria". Acho que tudo isso é evangelização, é falar cada vez mais do Reino de Deus que acontece entre nós!

 

"O programa Bem-Vindo Romeiro é um capítulo especial na minha vida... Meus dez anos de padre foram especiais por causa do Bem-Vindo Romeiro, não tenho dúvidas disso!"

A12 - No dia 1º de maio de 2006, começava uma parte importante da história de sua vida ao assumir a apresentação no programa Bem-Vindo Romeiro da TV Aparecida. Nesses dez anos de padre, já foram oito somente nesse projeto evangelizador. Qual a marca que esse projeto já deixou em sua vida?

Padre Evaldo - O programa Bem-Vindo Romeiro é um capítulo especial na minha vida. Ali, todos os dias tenho vivido experiências únicas, aprendi muito com os devotos de Nossa Senhora Aparecida, fiz amigos, visitei famílias, celebrei a alegria da vida e muitas tristezas também. O Bem-Vindo Romeiro me leva longe, para lugares que nem imagino, e daí a responsabilidade missionária do programa, que sempre se preocupou em evangelizar com alegria, com sorrisos, com abraços. Preciso agradecer todos os que trabalham comigo, na frente e atrás das câmeras, são pessoas estimadas e queridas, e destaco aqui Bianca Láua e Jéssica, parceiras no trabalho diário da televisão! Meus dez anos de padre foram especiais por causa do Bem-Vindo Romeiro, não tenho dúvidas disso! 

Para encerrar, Padre Evaldo em poucas palavras: 

Poema favorito? Soneto da Separação, de Vinícius de Morais
Autor favorito? Gabriel Garcia Marques
Um exemplo? Meus pais
Uma lembrança boa? O dia da minha ordenação
Uma lembrança não muito boa? A morte da minha tia Rosa
Um fato engraçado? Minhas gravações de quadros de aventura na TV (rapel, paraquedas, rafting e outros)
Lugar favorito? Meu quarto no convento, lá fico em silêncio
Mãe Aparecida? Minha querida e amorosa Mãezinha

Confira algumas imagens da trajetória de Padre Evaldo nesses dez anos: 

12 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.