Por Redação A12 Em Redentoristas

Informativo Provincial: “Dies impendere pro redemptis”

capa informativoDizem, e é fato, que o primeiro amor  dura para sempre. No entanto, uma das  condições para que ele seja eterno deve ser  a sua continuada renovação. O verbo amar  nunca pode ser conjugado apenas no passado,  deve estar sempre conjugado no presente.  Só assim ele será eterno e nossa história de  vida, de homens e mulheres apaixonados por  uma causa mais sublime, como nos fi lmes  americanos, terá sempre um fi nal feliz!

O Capítulo Geral da Congregação,  realizado em 2009, falou de “corações  renovados”. Conforme a Mensagem Final  será o nosso coração que nos fará retornar  ao primeiro amor, como pessoas e como  comunidades, acendendo em nós o verdadeiro  zelo missionário, abrindo-nos às novidades do  coração e do Espírito. 

Em vez de falar de coração, um confrade  nosso gosta de falar de “encantamento”.  Precisamos recuperar aquilo que nos encantou  na vida e na proposta de Santo Afonso. Só  assim, recuperaremos e viveremos para  sempre apaixonados, pois só quem se apaixona  por uma causa superior como a da Copiosa  Redenção, pode gastar os seus dias por ela.  “Dies impendere pro redemptis”, está tão bem  expresso no bonito e signifi cativo altar-mor da  capela de nosso Seminário Santo Afonso, em  Aparecida.

Falando de primeiro amor e de  encantamento, os dois primeiros artigos deste  informativo, um do Pe. Luís Rodrigues e outro  do Pe. Luís Kirchner, vêm nos incentivar nesta  busca e ajudar a nos fortalecer cada vez mais para  a missão. 

Este mesmo encantamento continua  despertando jovens para a vocação redentorista;  por isso trazemos algumas experiências do  noviciado, tanto em Tietê, como em Goiás.  Trazemos a narrativa da experiência missionária  do Pe. João Batista em terras amazônicas, e  falando de lá, noticiamos a elevação da prelazia  de Coari à condição de diocese.

Trazemos alguns artigos interessantes  mostrando os desafi os que nossas paróquias  enfrentam em sua missão de bem evangelizar  em realidades do interior, em cidades de porte  médio, como também na capital. Neste mesmo  prisma falamos também do Santuário dedicado à  santa Mãe de Deus em Porto Alegre. 

Pra terminar, dentro do contexto celebrativo  dos 120 anos de presença redentorista no  Brasil, prestamos homenagem a um dos nossos  fundadores. Bom proveito e boa leitura!

Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.
Editor

Confira o Informativo Provincial de maio de junho. Clique para baixar: informativo_provincial_maio_e_junhoweb

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.