Por Redentoristas Em Redentoristas

Livro aborda relação entre Deus e a cura das neuroses da falta de sentido

Um profundo diálogo entre Deus e o ser humano a partir da experiência de Viktor Frankl que sobreviveu ao campo de concentração por causa de sua fé, é a proposta do livro 'O papel de Deus na cura', da Editora Ideias & Letras, que tem seu lançamento nesta sexta-feira (31), na Livraria Martins Fontes, em São Paulo (SP). O lançamento será realizado às 19h, com leitura dramática de texto teatral. A autora, Ana Sampaio, é graduada em Matemática pela Universidade de São Paulo e mestre em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

O livro apresenta a relação entre Deus e cura das neuroses da falta de sentido, a partir das obras de Viktor Frankl, psiquiatra e psicólogo vienense. No livro, Ana Sampaio delineia quais seriam essas neuroses, denominadas noogênicas, neuroses que têm sua origem na dimensão da existência humana.

O conceito de neurose noogênica vai além de uma patologia psicofísica, pois, para o autor, o homem é essencialmente espiritual. Esse núcleo espiritual, em torno do qual se agrupam o psíquico e o físico, é o responsável pela consciência moral, pelo amor e pela arte. O homem moderno, ao se afastar de sua religiosidade aumentou o vazio existencial, pois não encontra o porquê de suas ações, o que pode gerar uma ausência de sentido, característica da neurose noogênica. Assim, o homem adoeceria em sua espiritualidade.Para esse tipo de adoecimento, Frankl criou a Logoterapia. Um tipo específico de tal doença espiritual é a neurose de massa, que tem um destaque nesta pesquisa. Para o autor, Deus, que é o sentido último da existência humana, dialoga com o homem quando este conversa com sua própria consciência moral, que é transcendente.

Confira aqui o sumário do livro.  

Ana Sampaio concedeu entrevista à assessoria da Editora Ideias & Letras. Confira alguns trechos:

Por que decidiu escrever sobre o tema?
Ana Sampaio - Decidi conhecer melhor o pensamento de Viktor Frankl após ter lido sua obra Em busca de sentido. Na ocasião eu estava pensando em que gostaria de estudar em meu mestrado. Eu sabia que não queria fazer meu mestrado seguindo minha formação da graduação – a Matemática. Sabia que queria estudar algum escritor ou filósofo. Gostava muito de ler as obras de Primo Levi, que são ótimas, e discutia minhas leituras com um amigo polonês, que só conheço pela internet. Ao saber o quanto eu apreciava Primo Levi, esse meu amigo indicou a leitura de Viktor Frankl e, ao finalizar o livro, pensei: “É isso! É esse o autor que vou estudar”. Tive a sorte de, na mesma época, ser apresentada ao professor Dr. Luiz Felipe Pondé e perguntei a ele se havia a possibilidade de eu estudar Viktor Frankl mesmo tendo formação em matemática. Gostaria que ele fosse meu orientador, pois já o conhecia através de entrevistas e admirava a maneira como ele pensa. Após alguns dias, ele se ofereceu para me orientar e indicou-me o curso de Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo para que eu pudesse fazer meus estudos.  

Em sua opinião, qual parte do livro é mais relevante ou especial?
Ana Sampaio - O próprio tema da busca de sentido é o fio condutor de meu livro e penso que é isso que buscamos o tempo todo, mas se devo eleger uma parte do livro em especial, escolho a parte do capítulo 2, na qual falo da neurose de massa. É um assunto extremamente atual e sei que é muito fácil tomarmos atitudes em grupo sem termos a mesma consciência que teríamos se parássemos um pouco mais para avaliar individualmente os fundamentos e as consequências de nossos atos. É prático e, de certa maneira agradável, fundir-se na massa, mas é necessário combatermos nossa tendência a isso.  

Qual público deseja atingir? 
Ana Sampaio - Meu livro é dirigido a qualquer pessoa que em algum momento tenha se perguntado a respeito do sentido daquilo que faz, seja buscando tal sentido, seja se indagando se ele existe incondicionalmente. Também dirijo às pessoas que estão interessadas no pensamento de Viktor Frankl, em especial sua maneira de ver quem (ou o que) é Deus. Não tive a intenção de dar respostas definitivas, apenas em contribuir para a discussão de ideias que considero importantes, difundindo o pensamento de um autor que admiro muito.  

Qual é a principal ideia que o leitor terá ao acabar de ler o livro? 
Ana Sampaio - A de que é possível encontrar sentido no que vivemos, especialmente conversando-se consigo mesmo, com a maior sinceridade possível.  

(Entrevista: Nicolau Kietzmann Goldemberg) 

Serviço: 
O Papel de Deus na Cura - Segundo Viktor Frankl 
Ana Ènesia Sampaio Machado 
Editora Ideias & Letras
Psicologia 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.