Por Redação A12 Em Redentoristas

Maria Celeste Crostarosa: testemunho irradiante do amor de Deus

Neste domingo, 08 de junho, a Ordem do Santíssimo Redentor, conhecidas como Monjas Redentoristas, recordam a data da aprovação da ordem religiosa pelo Papa Bento XIV, em 1750. Contudo, a ordem foi fundada anos antes, em 1731, por Madre Maria Celeste Crostarosa e Santo Afonso de Ligório. 

A fundadora das Monjas Redentoristas, Madre Maria Celeste conheceu Santo Afonso, o fundador da Congregação do Santíssimo Redentor e com ele descobriu a vocação para a fundação da ordem religiosa.

No Brasil a ordem monástica mantém dois mosteiros, um em São Paulo, o Mosteiro da Imaculada Conceição em Itu, e outro no Rio de Janeiro, o Mosteiro Santa Face e Puríssimo e Doloroso Coração de Maria em São Fidélis. Em um artigo, escrito pelo padre Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R., conheça mais sobre Madre Maria Celeste. 

Maria Celeste Crostarosa: testemunho irradiante do amor de Deus

maria celeste crostarosaMaria Celeste exerce um fascínio naqueles que a conhecem. Isso podemos constatar na história e no momento atual. Sempre perguntam: Por que é desconhecida? Ou pior: Por que se tem medo dela?

Nascida em Nápoles, no dia 31 de outubro de 1696, foi tomada pelo belo sol mediterrâneo e pelo irradiante Cristo Sol a ponto de dizer: “Ele é meu solo e meu sol”. Pequena em tamanho, mas de estatura humana e espiritual. É uma pérola escondida. Com o reconhecimento da heroicidade de suas virtudes, em 2013, temos a esperança que se reconheça seu valor para a Igreja e para a Congregação.

Recebeu a missão de aprofundar o Evangelho na dimensão de transformação e de gerar uma nova família religiosa que se funda no amor recíproco que faz dela uma viva memória.

Sua contribuição para a espiritualidade está na linha do ser viva memória de tudo o que Cristo fez para nossa salvação em sua vida terrestre. O Redentor continua em nós e, por nós, sua obra de salvação para ser o que Paulo ensina: “Já não sou eu que vivo, pois é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20).

Maria Celeste tem uma espiritualidade feminina que ensina a mulher se relacionar com Deus e com os outros como mulher. Ensina a todos a respeitar a própria condição e torná-la meio de santifi cação.

As inspirações que levou adiante têm caráter evangélico, compreendidas na dimensão mística. Contou com o apoio de Santo Afonso e de São Geraldo.

A Ordem do Santíssimo Redentor tem 400 religiosas em diversos países. É oportuno o conhecimento sempre maior dessa que continua sua missão entre nós.

Onde encontrar as Monjas Redentoristas: 

Para manter contato com as Monjas Redentoristas de Itu no Mosteiro da Imaculada Conceição o endereço é rua Capitão Silvio Fleming, 146, Centro, CEP 13309 -010, Itu (SP) e ainda pelo telefone (11) 4023-3253 e pelo e-mail: mosteiroredentorista@ig.com.br.

Em São Fidélis, no Mosteiro Santa Face e Puríssimo e Doloroso Coração de Maria, rua Armando Marques, S/Nº, CEP 28400-000, São Fidélis (RJ), telefone (22) 2751-5770 e e-mail: madresredentoristas@yahoo.com.br.  

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.