Por Redentoristas Em Redentoristas

Morre, aos 88 anos, o Missionário Redentorista Padre Virgineo De Carli

Foto de: arquivo provincial

Padre Virgíneo De Carli, C.Ss.R.

Padre Virgíneo De Carli, C.Ss.R.
*1928  + 2016

Faleceu na manhã desta quinta-feira (02), em Guaratinguetá (SP), o Missionário Redentorista Padre Virgíneo De Carli, aos 88 anos de idade, destes 63 dedicados ao ministério presbiteral. Desde 2007, o religioso encontrava-se na Comunidade do Santuário em Aparecida trabalhando no atendimento dos peregrinos e anos depois, com o avanço da enfermidade, teve que ausentar-se do serviço ministerial.

"Rezemos pelo seu descanso eterno nos braços amorosos de Deus e que ele receba como prêmio a Vida Eterna na companhia dos anjos e dos santos. Que Maria, nossa mestra e rainha o receba no céu. E aos familiares, parentes e amigos a expressão de nossa solidariedade", escreve o vice-provincial Padre Inácio Medeiros, C. Ss.R, em nota.

Padre De Carli era gaúcho de São Luiz da Casca, nasceu no dia 04 de janeiro de 1928. Filho de Primo De Carli e Paulina Bemardi, ingressou no Seminário Arquidiocesano de Porto Alegre, em Gravataí (RS), no início da década de 40.

Com o chamado à vida religiosa, resolveu ingressar no dia 11 de fevereiro de 1947 no Seminário Santo Afonso, em Aparecida, onde concluiu os estudos ginasiais. Fez o Noviciado em Pindamonhangaba (SP), no ano de 1948, e ali professou os primeiros votos religiosos na Congregação do Santíssimo Redentor no dia 02 de fevereiro de 1949. Os estudos superiores de Filosofia e Teologia ele completou no Seminário Maior Santa Teresinha, em Tietê (SP), entre 1949 e 1954.

Professou os votos perpétuos em Tietê, a 02 de fevereiro de 1952 e foi ordenado sacerdote também em Tietê, a 27 de dezembro de 1953, por Dom José Carlos de Aguirre, Bispo de Sorocaba (SP).

Padre De Carli iniciou sua vida apostólica em 1955, trabalhando no Santuário Nossa Senhora da Penha, em São Paulo (SP), como Vigário Paroquial. Um ano depois voltou para o Rio Grande do Sul, atuando em  Pinheiro Marcado (RS) nos anos de 1956  e 1957, e depois, de 1960 a 1967 em Passo Fundo (RS) como professor no Seminário Menino Jesus. Em 1969 voltou a São Paulo, vindo trabalhar no Santuário  de Aparecida, no atendimento dos romeiros e peregrinos. 

Foto de: A12

Padre Virgíneo De Carli, C.Ss.R.

Padre De Carli na Comunidade do Santuário
em 2014.

Padre De Carli pertencia originalmente à Província de Porto Alegre, mas conseguiu licença e se transferiu definitivamente para a Província de São Paulo a 13 de abril de 1970. Na sua longa lista de atividades apostólicas atuou por rápidos períodos em diversas paróquias que estavam aos cuidados pastorais dos Redentoristas: Paróquia São Pedro, em Garça (SP); Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, em Sacramento (MG); Paróquia Bom Jesus, em Potim (SP). Atuou ainda nas igrejas não-paroquiais de Santa Teresinha, em Tietê; Santa Cruz, em Araraquara e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São João da Boa Vista. Em 2007, retornou a Aparecida para a Casa da Mãe Aparecida onde viveu os últimos anos de sua vida. 

Louvamos e agradecemos a Deus pelos seus muitos dons, pelo seu zelo e atividades apostólicas, pela sua longa vida, pelos seus 68 anos de vida religiosa e 63 anos de vida sacerdotal.

O velório vai ocorrer no Convento Novo (Comunidade do Santuário) e na sexta-feira, 03, às 7h00, haverá Missa de corpo presente na Capela São José no Santuário Nacional.  

3 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.