Por Redação A12 Em Redentoristas

Profissão religiosa dos noviços Ângelo, Maurício e Marcos em Tietê (SP)

Neste domingo, 18, no Santuário Santa Terezinha, em Tietê (SP), professam os seus primeiros votos os noviços: Ângelo Rodrigo, Maurício José e Marcos Vilanova.

Conheça a história vocacional dos religiosos:

Ângelo Rodrigo Busso Martins Bertho

AngeloNasci na cidade de Sorocaba-SP no dia 30 de Janeiro de 1988. Desde criança, sinto esse chamado de Deus em minha vida. Ingressei na Congregação do Santíssimo Redentor, no Seminário Santo Afonso em Aparecida, SP, no dia 31 de janeiro de 2003 aos 15 anos de idade. Naquele momento, prossegui com os estudos do Ensino Médio e a etapa do Propedêutico na mesma cidade no Seminário Nossa Senhora Aparecida, onde fiquei por dois anos.

Realizei meus trabalhos pastorais no Santuário Nacional como ministro extraordinário da Eucaristia e pastoral da Acolhida. Em 2008, dando continuidade no processo formativo, fui para a cidade de Campinas, SP, realizar os estudos filosóficos (na época Bacharelado), mas cursei apenas um ano na PUC-Campinas. Durante os anos de 2009 e 2010, estive afastado do seminário, voltando ao convívio familiar, ajudando em casa e trabalhando.

Querendo dar continuidade ao meu processo formativo, retornei à Congregação do Santíssimo Redentor no ano de 2011, quando pude prosseguir com meus estudos filosóficos. 

Sou muito feliz em pertencer a esta família e grato a todos os formadores de todas as etapas pelas quais passei e ao desta que estou. Rogo sempre a Deus e ao nosso Pai Santo Afonso, juntamente com a Virgem Maria, pela minha perseverança e pela minha santificação, para que eu possa, com a graça divina, ser um Missionário Redentorista Santo.

Mauricio José de Oliveira

MauricioNasci no dia 29 de novembro de 1985, natural da cidade de São José dos Campos-SP. Vivi nesta cidade até meus 24 anos, quando decidi responder ao chamado que Deus me fazia.

Desde pequeno, sempre fui encaminhado na fé e crença no Deus único e salvador, por meio de minha mãe, tanto que entrei para o grupo de coroinhas de minha comunidade, na qual trabalhei por muito tempo. Algum tempo depois, formei-me acólito, passando a atuar em minha paróquia e, mais tarde, tornei-me cerimoniário, trabalhando diretamente na Catedral e nas paróquias da diocese. 

Mas, dentro de mim, algo ainda não estava completo, faltava algo em meu interior, algo que me completasse e me satisfizesse por inteiro. Foi quando decidi fazer alguns encontros vocacionais com os padres de Aparecida, os Missionários Redentoristas, os quais me ajudaram em meu discernimento vocacional, encaminhando-me em direção ao chamado de Deus em minha vida.

No dia 31 de Janeiro de 2010, ingressei no seminário do propedêutico redentorista, situado na cidade de Santa Barbara D’ Oeste. No propedêutico, conheci muitas pessoas que muito ajudaram em meu processo de discernimento.

Em 13 de Fevereiro de 2011, cheguei à cidade de Campinas, na casa de formação dos estudos filosóficos redentorista, São Clemente. Ao chegar nesta casa, fui recebido por parte de meus novos colegas, pois o restante não havia chegado ainda, e, com eles, pude aprender muita coisa. 

Hoje, fico feliz em poder partilhar um pouco de minha experiência com os novos postulantes que chegam a nossa casa e em especial aos que vão para a comunidade que acompanho até hoje, comunidade essa que me acolheu e adotou-me como um de seus filhos. Também me alegro por estar em uma pastoral (vocacional), na qual posso ajudar a muitos jovens que, assim como eu, querem responder ao chamado que Deus realiza a cada instante.

Marcos dos Santos Vilanova

MarcosTenho 36 anos e sou natural da cidade de Cruzília-MG. Venho de uma de uma família simples, da zona rural. Tenho 8 irmãos. Atualmente moro em Tietê-SP, e estou no quarto ano de Seminário, na etapa do noviciado. Acredito que somos chamados por Deus de várias formas e a todo o momento, porém não estamos aptos a ouvi-lo. A criatividade de Deus é algo grandioso.

A minha história vocacional começou ainda criança quando morava na roça, na Fazenda Traituba, através dos terços, rezas em setores Missionários e Catequese. Os Padres Agostinianos sempre me chamaram atenção por causa do seu carisma, do seu trabalho com a juventude e porque eram muito animados. Naquele tempo eu não queria ser diferente dos outros adolescentes, porém, privilegiava o serviço nas comunidades.

Em meados de Janeiro de 1998 iniciei a minha experiência em Castelo-ES, no Seminário Santo Agostinho. No final de 2001 examinando minha consciência resolvi discernir melhor minha vocação, me afastando do Seminário. Durante este período fiz muitas amizades e logo comecei a trabalhar. Certo dia passeando em Aparecida-SP, logo após a missa, ouvi o convite aos Jovens para conhecer a Sala Vocacional despertando minha curiosidade.

Chegando lá fui acolhido pelo Ir. Viveiros e Seminaristas (Missionários Redentoristas) que contaram suas experiências sobre a vida Redentorista. Fui convidado a participar da Convivência Vocacional no Seminário Santo Afonso e em 2011 ingressei no Seminário Redentorista São Geraldo Majella. Sou grato a Deus por isso, pelo apoio que todos me deram, me levando a discernir mais ainda a minha vocação, respondendo o SIM a cada dia, com muita generosidade.

Dizer sim não foi algo tão difícil, pois o meu sim não foi dado definitivamente quando entrei no seminário, assim também como o chamado de Deus não cessou. Todos os dias Ele faz um novo chamado e todos os dias eu digo sim. Sou grato a Deus pelas pessoas e amigos que nos dão força para caminhar, trazendo-me a esta etapa do Noviciado onde estrou agora. Estou muito feliz e digo que vale a pena ser Missionário Redentorista.                                                        

Rezemos ao Senhor Deus que conceda aos religiosos a graça e a perseverança em sua vocação e como seguidores de Santo Afonso, possam levar a Copiosa Redenção aos mais abandonados e necessitados. 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.