Por Redação A12 Em Redentoristas

Redentoristas do Níger têm igreja incendiada em protestos anti-Charlie Hebdo

No último sábado, 17, diversas igrejas foram incendiadas em Niamey, capital no Níger, durante manifestações contra o semanário francês 'Charlie Hebdo'. Nas Dioceses de Maradi e Niamey, além das igrejas foram incendiadas algumas casas religiosas. Entre essas, a de São Gabriel que está sob os cuidados dos Missionários Redentoristas da Vice-Província da África Ocidental.

Devido a situação, o Administrador apostólico de Niemey, Dom Michel Cartatéguy, suspendeu todas as celebrações dominicais no dia de ontem, 18. Em Niamey, as Igrejas de São Paulo, Santo Agostinho, São Gabriel, São João, Santa Teresa e São José foram queimadas e saqueadas, assim como dois conventos de religiosas.

Alguns veículos da imprensa internacional registraram cinco mortes e 128 feridos nestes protestos, e nesta segunda, 19, destacaram que foram 45 igrejas incendiadas em Niamey. 

Padre Nicolas Ayouba, superior dos redentoristas no Níger, informou que todos os religiosos redentoristas estão bem, e que a Comunidade de São Clemente contou com a proteção dos vizinhos contra a ação dos manifestantes.

Padre Nicolas destacou ainda que o mandamento de Jesus “amai os vossos inimigos”, agora mais do que nunca deve estar presente na memória e nos lábios dos cristãos no Níger. Na mensagem ele também pediu as orações de todos para que possam viver verdadeiramente a fé e a caridade e testemunhar de maneira concreta a presença do Redentor.

Veja imagens da igreja São Gabriel: 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.