Por Pe. José de Lima Torres, C.Ss.R. Em Redentoristas

Scala: experiência fundante de Afonso

Nos meses de julho e agosto alguns confrades da Província de São Paulo e da Vice-Província de Recife estiveram na Itália, realizando um Curso de Espiritualidade Redentorista e visitando os lugares alfonsianos. Entre esses lugares destaca-se Scala, por ter acontecido ali a experiência fundante de Santo Afonso Maria de Ligório. Padre José Torres escreve um segundo artigo apresentando essa experiência. 

Scala é o lugar da inspiração de Afonso. Ali, pela primeira vez o estressado sacerdote diocesano encontra-se consigo mesmo e com Deus. Corpo e mente cansados e coração sedento, dirigiu-se às montanhas para descansar. Naquele lugar santo descobre os “mais abandonados”.

Scala, lugar da fundação da Congregação Redentorista

- O que? Como assim? Afonso era um jovem sacerdote e vivia fazendo caridade nas confrarias que ajudavam os pobres. Como poderia descobri-los somente agora?

É que tudo sucede no momento certo. É quando acontece o “momento luz”, a descoberta real, nasce um novo caminho para a vida. Na verdade, é a EXPERIÊNCIA FUNDANTE”, aquilo que nos faz dar um novo sentido para a vida, e a partir dela tomamos um novo rumo para a vida. Ao sair do seu mundo, Afonso encontra-se com os “cabreiros” e seu coração capta a necessidade de mudar seus projetos. Sentiu que sua vida deveria ser gasta para a salvação integral daquela gente.

- Mas, como? Ele foi às montanhas para descansar... Como poderia pensar em trabalho?

Ali, acontece a sintonia entre o desejo de Deus e a obediência do ser humano a Ele. Coração aberto para a vontade divina, é levado para as montanhas de Scala. Quando o coração generoso adoece o corpo pela intensidade da entrega e doação, é sábia a decisão de fazer um retiro para uma intimidade maior com Deus. Esse momento fecunda a vida e propicia novos insights e ilumina a os caminhos, apontando novas direções.

Foi assim que o fundador dos Missionários Redentoristas recebeu inspiração para os seus escritos e para a fundação da Congregação. No descanso, novos horizontes se abrem. Descansar pode ser “perigoso”, pode trazer novos desafios, novos compromissos; pode nos trazer outros olhares que nos comprometerão. Talvez seja esse um dos motivos pelos quais muitos religiosos e religiosas tem uma vida tão ativista e menos contemplativa: medo de descobrir o mistério, de se encontrar com Deus que interpela, de reviver e enxergar a direção do da própria “experiência fundante”.

:: Leia o primeiro artigo | Materdomini: lugar onde vive a memória de São Geraldo Majella

Em Scala Afonso muda a rota do caminho ao conhecer os preferidos de Deus. Oxalá nós também saibamos fazer nossos “êxodos”, mesmo que forçados, buscando em tudo fazer a Vontade de Deus. Assim, nosso cansaço terá um sentido, nossa existência será mais fecunda e na pobreza encontraremos Deus, nossa “maior riqueza”. Sempre na companhia de Maria. Afonso disse que a Virgem Santíssima lhe apareceu muitas vezes para o inspirar seus novos projetos.

Pe. José de Lima Torres, C.Ss.R.
Secretariado Vocacional Aparecida, SP

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José de Lima Torres, C.Ss.R., em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.