Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 01 ABR 2019 - 11H37

Teologia Moral de Santo Afonso se ampara na misericórdia

A maior contribuição de Santo Afonso à Igreja foi campo da reflexão teológica, onde sua Teologia Moral se destaca. Este trabalho nasceu de sua experiência pastoral e da sua capacidade de responder às perguntas das pessoas e de entrar em contato com seus problemas.

Para falar sobre a Teologia Moral de Santo Afonso, o programa “Fortes na Fé” conversou com o padre Vinícius Ponciano, missionário redentorista. Padre Vinícius fala que o santo fundador percebeu que a moral deveria ajudar as pessoas a chegar até Deus e viver a santidade. E ele sentiu que era necessário expandir uma reflexão para além dos rigorismos e que fosse mais misericordiosa.

Confira a entrevista:


A Teologia Moral é um campo de conhecimento teológico que tem por finalidade estudar o comportamento humano a partir dos princípios morais e éticos cristãos. Os fundamentos da Teologia Moral estão alicerçados na Palavra de Deus, no Magistério e na Tradição.

Padre Vinícius comenta sobre o Jansenismo, uma doutrina da época de Santo Afonso, que derivou do cristianismo e que depois acabou se tornando herética.

Santo Afonso rejeitou o rigorismo da época, especialmente cultivado pelas "elites" de poder. Para ele, estes eram os caminhos fechados ao Evangelho, uma vez que "tal rigor nunca foi ensinado ou praticado pela Igreja". Ele pôde colocar a reflexão teológica a serviço da grandeza da pessoa, da consciência moral e da bondade evangélica.

“Santo Afonso compreende que a encarnação é a prova maior do amor de Deus pela pessoa humana. Ele entende, na sua teologia, que Deus tem uma predileção incondicional pelo ser humano e, por isso, ele é especial e, mesmo na sua fragilidade, o homem tem todo o direito de retomar o seu caminho e é merecedor de todo respeito”, assinala padre Vinícius.

shutterstock
shutterstock


Foi a partir de seu estudo sobre a Teologia Moral que Santo Afonso recebeu o título de Patrono dos Confessores e Moralistas, em 1950. Segundo padre Vinícius, a experiência da Redenção o fez escrever tantas obras de orientação espiritual para que as pessoas pudessem descobrir a misericórdia de Deus e de seu Filho.

“Santo Afonso teve formação em Direito; foi um advogado, mas nunca tratou das questões na frieza da lei. A ternura de Santo Afonso é a mesma de Jesus pelos pecadores”, enfatiza o missionário.

:: Conheça mais sobre Santo Afonso

:: A benignidade na Teologia Moral de Santo Afonso

QUER CONHECER MAIS SOBRE SANTO AFONSO - VEJA AS SUGESTÕES DA EDITORA SANTUÁRIO

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.