Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 01 JUL 2020 - 12H07

Terço de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

O Santo Terço é uma maneira simples e muito profunda para se colocar em comunhão com Deus, já que os mistérios orientam à contemplação da Palavra de Deus.

No Terço a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro a oração convida a se colocar diante do ícone para contemplar a face de Deus. 

A autora do Terço a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, irmã Maria Victoria Flores, filipina, o fez inspirada pela mensagem de amor e de comunhão que é transmitida a partir do próprio ícone.

Segundo a religiosa, no ícone somos convidados a reconhecer em Maria a sua fidelidade e amor a Deus e aprofundar e fortalecer o vínculo com Jesus Cristo, nosso Perpétuo Socorro, a partir da contemplação dos sinais presentes no ícone.

“Este ícone é certamente uma janela para o divino. Meditar no ícone significa abrir nossos corações para a experiência de Deus. Ninguém deve se sentir excluído ou rejeitado, nem mesmo aquele que se sente indigno de estar diante de Deus por causa de seus pecados, e muito menos daquele que professa outra tradição de fé ou outras religiões. No ícone  vemos  uma mãe acolhedora e um filho amável que oferecem sua compaixão amorosa em qualquer situação que possamos nos encontrar”, realça irmã Maria Victoria.

Segue abaixo o roteiro para a oração do terço!




Primeiro Mistério

Nosso coração humano anseia por Deus
Ler: Sl 42; Mt 19,16-30

Na vida da maioria das pessoas, sempre há algum espaço vazio que precisa ser preenchido, alguma dor precisando de cuidados, um sentimento de desespero clamando por esperança, uma realidade que busca justiça, encorajamento, paz, reconciliação, amor. Diante do ícone nos encontramos com a Mãe que clama amavelmente pelo Seu Filho Amado.

Ao meditarmos este primeiro mistério, queremos nos reconhecer como parte ativa de todo o ícone e permitirmos que a vida que está nele, toque o nosso coração, a nossa mente e a nossa alma verdadeiramente. Vamos olhar profundamente dentro de nós mesmos e nos perguntar: Quem sou eu? Como eu me sinto? Como está minha vida? Para onde estou dirigindo minha vida está indo? O que tenho, o que possuo e o que uso? O que eu realmente preciso na minha vida? Como está meu relacionamento pessoal com Deus? De que maneira eu atualmente permito que Deus preencha o vazio dentro de mim?

Pausa para contemplar o ícone, e depois seguir com as orações.

Rezar: 1 Pai Nosso, 10 Ave Marias, 1 Glória ao Pai e as jaculatórias: Jesus Cristo, nosso Redentor, nós confiamos em ti. Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

:: Perpétuo Socorro, o ícone milagroso: roubado e esquecido, mas ganhou o mundo

Segundo Mistério

Deus envia seus anjos
Ler: Lc 22, 40-43

Deus sempre quer que estejamos em união com Ele, para que possamos encontrar verdadeiramente alegria e significado em nossa vida. Deus respeita o livre arbítrio que Ele nos oferece, mas também nos ajuda a saber o que é melhor para cada um de nós, enviando-nos seus Anjos.

No ícone, encontramos os Arcanjos Gabriel e Miguel anunciando a mensagem de Deus Pai a Jesus sobre sua Paixão e Morte. Ao mesmo tempo, os Arcanjos o tranquilizam da presença constante, proteção e orientação de Deus.

Neste segundo mistério, agradeçamos a Deus por nos dar os anjos como expressão de seu grande amor por nós. Agradeçamos também ao Senhor pela presença dos anjos em nossa vida através das diferentes pessoas que vêm até nós ou que Ele envia para nós. Eles nos ajudam a reconhecer a vontade de Deus, a experiência de sua proteção e guia em nossa jornada. Agradeçamos a Deus pelos anjos invisíveis e visíveis em nossa vida.

Oremos também para que possamos servir aos outros como anjos, para fazer Deus presente através de nossas palavras e nossas ações.

Pausa para contemplar o ícone, e depois seguir com as orações.

Citações para ler na reflexão: Lucas 2, 14; Mateus 4,11; Lucas 22, 43; João 20, 12; Mateus 18,10; Mateus 24,31; Mateus 13:49; Marcos 13,32; Lucas 20, 34; Atos 12, 7-11.

Rezar: 1 Pai Nosso, 10 Ave Marias, 1 Glória ao Pai e as jaculatórias: Jesus Cristo, nosso Redentor, nós confiamos em ti. Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

Terceiro Mistério

Maria, Mãe do Redentor e dos redimidos
Ler: Lc 1, 26-38; Jo 2, 1-6; Jo 19, 25-27).

No terceiro mistério, vamos nos permitir receber o olhar amoroso, reconfortante e até sedutor de Maria, especialmente da jovem Maria que disse “sim” a Deus na Anunciação. Com sua resposta e seu coração aberto a Deus, ela se tornou a Mãe do Redentor.

Maria sempre teve conhecimento da presença de Deus, refletia sobre a ação de salvação de Deus e valorizava tudo em seu coração. Maria, como Mãe, nos tem abraçado amorosamente como seus filhos desde que Jesus disse ao seu amado discípulo João: “Aqui está sua mãe” e para ela “Aqui está seu filho”. Aqui estamos nós, seus filhos. Ela é nossa Mãe.

Ao contemplar este ícone, pedimos a graça de sempre estarmos abertos para ouvir atentamente a Palavra de Deus e seu Filho Jesus. Maria, nossa Mãe, ensina-nos a abrir continuamente nosso coração ao chamado do Pai, à ação do Espírito Santo e a Palavra de Jesus. Ajude-nos a aprender sempre contigo, nossa Mãe, para que possamos sempre responder a Deus: “Faça-se em mim segundo a Tua Palavra”.

:: O Magnificat e o Ícone do Perpétuo Socorro

Pausa para contemplar o ícone, e depois seguir com as orações.

Rezar: 1 Pai Nosso, 10 Ave Marias, 1 Glória ao Pai e as jaculatórias: Jesus Cristo, nosso Redentor, nós confiamos em ti. Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

Quarto Mistério 

Jesus Cristo Redentor, nosso Perpétuo Socorro
Ler: Lc 4,18-19

Chegamos ao verdadeiro coração deste ícone: Jesus! É para Ele que os anjos se dirigem, é nele o abraço protetor de Maria. Se Maria olha em nossa direção, faz somente para nos conscientizar sobre seu Filho, nosso Senhor e Redentor.

Ele é quem pode dar sentido a nossa vida, o verdadeiro Perpétuo Socorro. Cristo nos redimiu e sempre será nosso Redentor. Ele é Emmanuel, nosso Deus conosco. Seu amor incondicional pelos fracos, pelos que sofrem e pelos pobres o sujeita à Paixão e Morte.

Nisso está a profundidade do seu amor. A morte não teve a última palavra, pois Ele se levantou em sua glória para nos dar uma nova vida. Este é, portanto, Jesus, o Redentor, que é humilde e constante em nos dar Sua abundante redenção.

Ao contemplar esse mistério, nos deixemos abraçar totalmente pelo amor do Redentor e experimentemos o Perpétuo Socorro de Maria.

Pausa para contemplar o ícone, e depois seguir com as orações.

Rezar: 1 Pai Nosso, 10 Ave Marias, 1 Glória ao Pai e as jaculatórias: Jesus Cristo, nosso Redentor, nós confiamos em ti. Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

Quinto Mistério 

Oremos para que sejamos unidos e possamos viver em comunhão com Deus e entre nós.
Ler: Jo 19, 27; Atos 1, 14; Jo 17, 21; Lumen Gentium, 63.

É tão bom quando estamos unidos. Não é magnífico que apesar de toda diversidade que existem podemos viver como se fôssemos um só? No ícone, queremos perceber as mãos de Jesus que apertam as mãos de Maria. Este gesto expressa a comunhão entre a mãe e o filho. Vemos o compromisso e a união total de Maria em direção a Jesus e Sua missão.

Neste ponto, lembramos que Maria também nos segura em seus braços como seus filhos, enquanto Jesus aceita com amor a missão do Pai para nos redimir. Maria, neste ícone, nos diz: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Nós também precisamos ouvir as palavras de Jesus ecoam no nossos corações: “Estou convosco até o fim dos tempos”.

Nesta contemplação do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro a experiência da comunhão é oferecida pelo Redentor, pela Mãe do Redentor para com todos os redimidos. Deixemos Jesus e sua Mãe nos fazer instrumentos de comunhão, para viver com generosidade e sinceridade a vocação a que somos chamados.

Vamos orar para que possamos verdadeiramente espalhar entre nós: paz, reconciliação, justiça, alegria e o amor que Jesus e Maria nos irradiam através deste ícone de Comunhão.

Pausa para contemplar o ícone, e depois seguir com as orações.

Rezar: 1 Pai Nosso, 10 Ave Marias, 1 Glória ao Pai e as jaculatórias: Jesus Cristo, nosso Redentor, nós confiamos em ti. Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

Reflexão Final 

Nesses cinco momentos de contemplação do ícone do Perpétuo Socorro, fomos convidados a ir mais profundamente em nós mesmos, para embarcar numa jornada em nossos corações, onde podemos encontrar o Senhor e a tenra proteção de Maria. Indo além e abrindo nossos corações para o ícone, nos é oferecida uma experiência de comunhão com Deus.

:: Quer contemplar o ícone conhecendo os 13 símbolos? Clique aqui! 



1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.