Notícias

Veja como praticar a virtude da obediência, segundo Santo Afonso

Escrito por Ir. André Luiz Oliveira, C.Ss.R.

05 JUL 2021 - 09H20 (Atualizada em 05 JUL 2021 - 10H04)

Shutterstock. Rezar  (Shutterstock. )

Ao iniciarmos esse novo mês, queremos fazê-lo à luz dos ensinamentos de Santo Afonso e para que o vivamos bem, nosso fundador nos propõe a Virtude da Obediência. 

Em uma sociedade que enfrenta cada vez mais uma crise de autoridade, falar de obediência é algo desafiador. Porém, eu acredito que quando apresentamos o verdadeiro sentido de algo, se torna mais fácil compreendê-lo e até mesmo aceitá-lo. 

Confira a reflexão completa no vídeo ou leia abaixo: 


A obediência é um dos fundamentos da vida social.
É impossível viver em sociedade e não ser orientado por leis e regras. A obediência proporciona as pessoas o autocontrole e a capacidade do autoconhecimento. Quando nos deixamos guiar por nossos instintos, nós nos tornamos naturalmente indolentes, dados a ceder a qualquer coisa.

Quando, por ideologia, somos tentados a acreditar que a obediência tira nossa “liberdade”, nós nos corrompemos, e assim passamos a viver a libertinagem, uma falsa compreensão do ser realmente livre.

O homem livre não é aquele que faz o que quer quando bem quer; essa é uma ilusória compreensão de liberdade. O homem realmente livre é aquele que sabe respeitar os limites. Deus nos criou livres! A liberdade está na origem do homem.

Quando eu compreendo as regras como algo que me priva de alguma coisa, eu não compreendi o verdadeiro sentido!

As regras são formas de agir em determinados espaços, tenho sempre que me lembrar que o mundo não é composto só por mim, existe o nós. Se cada um fizer a sua parte, fica mais fácil conviver.

Nós somente somos livres no amor, somos obedientes na caridade. Para que haja a verdadeira compreensão do que é a obediência e, mais do que isso, praticá-la, é necessário resiliência.

A resiliência é a capacidade do indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças ou superar obstáculos. O indivíduo resiliente é livre, criativo e capaz de se reinventar frente aos problemas.

A alma obediente acolhe aquilo que Deus lhe propõe. E sobre isso fala o apóstolo Paulo: “Obedecei com simplicidade de coração”. Quando se ama a Deus com perfeição, obedecer, se torna uma prova de amor. Quanto mais amamos, mais deixamo-nos envolver pelo outro. Isso não é diferente em nossas relações com Deus. Se amamos realmente a Deus, sentimo-nos impelidos a cumprir a Sua vontade.

Leia MaisVirtude do Mês: Como manter o coração puro e longe da maldade humanaVirtude do mês: amor ao próximoSe queremos um exemplo de obediência na liberdade, basta olharmos para Cruz! Ali está um homem/Deus, que na Sua liberdade, foi obediente. São Paulo aos Filipenses escreve: “Humilhou-se a si mesmo tornando-se obediente, obediente até a morte e morte de cruz”.

O fruto da obediência de Cristo é nossa redenção. Se Cristo tivesse pensado só em Si, se questionasse Sua liberdade ou tivesse sido desobediente... O que seria de nós? Por Sua obediência Ele nos fez livres, livres no amor!

A obediência é muito mais do que simplesmente uma regra moral, ela é um princípio de vida. Para viver em comunidade, em sociedade e em paz consigo mesmo é preciso obediência.

Santo Afonso nos exorta quanto a isso:

“Há pessoas tão agarradas à sua própria vontade que, quando lhes é ordenado alguma coisa, ainda que seja do seu gosto, pelo fato de a terem de fazer por obediência perdem a vontade de fazê-la”.

A virtude da Obediência está intimamente unida a conformidade com a vontade de Deus. Por isso, adverte-nos Santo Afonso:

“Aquele que trabalha segundo a sua própria vontade, e não conforme a vontade de Deus, comete uma espécie de idolatria, porque em lugar de adorar à vontade di­vina, adora de alguma maneira a sua própria”.

Que a obediência nos oriente em nossa caminhada. Vamos agora rezar esta oração para viver este princípio em nossas vidas. 

ORAÇÃO 

“Meu Senhor, por vosso amor renuncio a tudo e não quero que ainda viva em mim a minha vontade, mas unicamente a Vossa, que é toda santa. Por isso, prometo-Vos que de hoje em diante serei mais atento em guardar as Regras, ainda as mais pequenas”.

Texto bíblico para  reflexão: “Vós sereis meus amigos se fizerdes o que eu vos ordeno” (cf. Jo 15,14)

CERESP e Virtude do Mês

A Virtude do Mês apresentada pelo irmão André Luiz é uma promoção do Centro Redentorista de Espiritualidade (CERESP); um organismo da Província Redentorista de São Paulo que existe desde 1992, sediado no Seminário Redentorista Santo Afonso.

Ele tem como missão principal fomentar a vivência, pesquisa, articulação e dinamização da espiritualidade redentorista como os ensinamentos de Santo Afonso Maria de Ligório para contribuir na formação permanente dos Missionários Redentoristas. Outra finalidade fundamental é contribuir na formação de leigos ligados às frentes de trabalho da província e outras pessoas interessadas nos temas que o organismo oferece.


2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Ir. André Luiz Oliveira, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.