Por Pe. José Pereira, C.Ss.R. Em Palavra Redentorista

Gesto de Amor

Eu aprendi no Evangelho:
Remendo novo em pano velho,
Ajuda a rasgar mais ainda.
A vida te que ser renovada
E sendo amada,
Torna-se muito linda.
O tempo passa sem parar,
Sei, vale a pena amar
E fazer-se doação.
É um gesto amoroso,
É doce, é maravilhoso,
É ser um só coração.
O dia tem têm que ser vivido,
Tudo ao redor tem sentido,
Ah; como é querido.
Desejo sempre caminhar,
Ao final me encontrar,
Não importa o que tenha sofrido.
Minha vida é uma longa estrada,
Não tenho pressa, não vou em disparada.
Sei que devagar também vou chegar.
Chego um dia ao meu destino,
Sou criança, um menino,
Vai aprendendo a amar.
Amo sentir a natureza,
Compreendo sua grandeza.
É obra do Criador.
Deus criou tudo para a felicidade,
Eu sinto aqui o sabor da eternidade,
É simplesmente um gesto de amor.

Escrito por
Pe. José Pereira, C.Ss.R. (Arquivo UNESER)
Pe. José Pereira, C.Ss.R.

Redentorista, formado em Filosofia, Teologia e Administração de Empresas. Entre seus escritos, encontram-se: Novena da Saúde, Novena a São Judas Tadeu, Novena a Santo Afonso, e livros de poesias (Dialogando o Amor, Caminhos do Amor, Lindo é o Amor, Maria: Mãe de Amor e Pingos de Amor).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vanessa da Silva, em Palavra Redentorista

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.