Por Pe. José Pereira, C.Ss.R. Em Palavra Redentorista

Paz prometida

paz, pomba branca, mensagem de paz, misericórdia

Cabelos ao vento
Vivo o momento
É liberdade.
Que felicidade!
Vento, no amor,
Vem no ar
São sentimentos
Vivem atentos
É sensibilidade,
Pura verdade.
Vento que renova
É vida nova.
Vento a soprar,
Faz transformar,
Vem sobre nós,
Seja nossa voz.
Venha ao coração
Muda nossa direção.
Vento amigo,
Esteja comigo
Meu rosto toque no calor
Na sensibilidade do seu amor.
Vento leve minha solidão
Que no mundo seja comunhão.
Partilha da via,
Torná-la querida
E sentida,
Enfim, vivida.
Não partida
Ser de Deus a paz prometida.

Escrito por
Pe. José Pereira, C.Ss.R. (Arquivo UNESER)
Pe. José Pereira, C.Ss.R.

Redentorista, formado em Filosofia, Teologia e Administração de Empresas. Entre seus escritos, encontram-se: Novena da Saúde, Novena a São Judas Tadeu, Novena a Santo Afonso, e livros de poesias (Dialogando o Amor, Caminhos do Amor, Lindo é o Amor, Maria: Mãe de Amor e Pingos de Amor).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vanessa da Silva, em Palavra Redentorista

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.