Por Pe. Maurício Brandolize, C.Ss.R. Em Redentoristas

Província de Goiás

A Província de Goiás, como uma vinha fecunda, estende seus ramos para o Distrito Federal, Tocantins e Mato Grosso e colabora com a missão no Suriname e Lisboa.

Província de Goiás 2016

Foi em 1894 que começou a história da presença redentorista no centro do Brasil. O bispo Dom Eduardo Duarte da Silva conhecendo a realidade do povo do sertão, e com especial atenção, preocupou-se com a pastoral da Romaria do Barro Preto (Trindade), que reunia muita gente no primeiro final de semana de julho e que não recebia a devida assistência por parte da Igreja. O bispo foi à Europa em busca de uma congregação religiosa para atender a romaria, realizar as Santas Missões na diocese, e cuidar da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Campininhas de Goiás.

Depois de se encontrar com diversos superiores de congregações religiosas, procurou também o Superior Geral dos redentoristas na Itália, Pe. Matias Raus, que lhe recomendou que fosse a Baviera para falar com os redentoristas alemães. E conseguiu. Acertou os detalhes da viagem de um grupo numeroso de redentoristas para o Brasil.

Dia 24 de setembro de 1894, depois de todos os preparativos, os missionários partem da Alemanha.

Chegando à França, no dia 5 de outubro embarcaram no vapor rumo ao Brasil, chegando ao Rio de Janeiro em 21 de outubro. De lá, embarcaram em 24 de outubro em um trem, rumo a São Paulo. Na capital paulista, o grupo se separou como estava previsto. Os que designados para Goiás partiram de lá em 5 de novembro.

Depois de muitos dias de viagem em lombo de animal a saga terminou às 13 horas do dia 12 de dezembro quando chegaram, finalmente, ao seu destino. Diante da Igreja Matriz da Senhora da Conceição, repletos de gratidão a Deus e a Virgem Maria, entoaram o Te Deum. Terminou a viagem: era o começo da missão redentorista no Brasil Central.

Nas primeiras décadas a comunidade redentorista sempre foi numerosa por conta da necessidade de se implantar a infraestrutura necessária para a subsistência da missão. Era referência para pouso e retiro do clero de todo a diocese. Até bispos procuravam a casa redentorista para momentos de recolhimento e oração.

A partir de 1924, um sacerdote e um irmão passaram a residir em Trindade, cujo convento foi canonicamente instalado em 1948.

Os alemães continuaram a ser enviados ao Brasil até o final da década de 1930, mas depois a Província de Munique encontrou dificuldades por conta da Segunda Guerra Mundial. A partir de então, por solicitação do Pe. Geraldo Pires de Souza, foi criada a Província de São Paulo, em 26 de setembro de 1944, da qual passou a depender a missão de Goiás.

Vinte anos depois a instalação da Vice-Província de Brasília nasce com o decreto do Superior Geral, Pe. Guilherme Gaudreau, assinado em 7 de janeiro de 1964. A instalação aconteceu um mês após com uma celebração eucarística na Matriz de Campinas. O primeiro Superior Vice-Provincial foi o Pe. Juvenal Roriz. A criação da nova unidade possibilitou o investimento numa estrutura formativa própria para a região, que levou a um crescimento no número dos membros, bem com no surgimento de novas frentes missionárias.

No final dos anos de 1980 se discutiu a criação de uma província no Brasil Central. Mas o interesse maior aconteceu a partir de 1993, considerando a vontade da maior parte dos confrades e mesmo a maturidade do grupo. No ano seguinte, o Pe. Juan Lasso de La Vega, então Superior Geral da Congregação, comunicou ao Pe. Fábio Bento, então Superior Vice-Provincial, a data da instalação canônica da nova Província de Goiás: 11 de dezembro de 1994. Era um ano marcante para os redentoristas do Brasil: comemoração dos 100 anos do início da missão.

Hoje, são mais de 120 anos dos Redentoristas em Goiás. O mesmo espírito daqueles que deixaram a Alemanha em 1894 para iniciar a missão no Brasil Central nos incentiva hoje nas frentes missionárias: os romeiros do Pai Eterno, de Trindade e de todo o Brasil; os devotos da Mãe do Perpétuo Socorro no Santuário de Campinas; a presença junto ao povo de Deus em cidades de Goiás, do Mato Grosso, do Tocantins e do Distrito Federal; a colaboração com a Missão do Suriname e de Lisboa; o anúncio pelas ondas do rádio e da televisão, na internet, nos livros e jornais; a pregação dos retiros e a orientação pessoal.

SERVIÇO:

Província Redentorista de Goiás 
Rua 225-A, nº 252, Qd. 117, Lt.  47/48, St. 
Leste Universitário - Caixa Postal 12.081 - 74.641-970
Goiânia - GO
Fone: (64) 3462-1588
Site: redentorista.com.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Maurício Brandolize, C.Ss.R., em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.