Notícias

Dúvida Vocacional: Eu tenho vocação para ser pai?

O Homem ao indagar se tem vocação para ser pai encontrará respostas examinando a sua própria vida

Escrito por Secretariado Vocacional Redentorista

08 AGO 2022 - 11H20 (Atualizada em 12 AGO 2022 - 12H22)

Shutterstock

Papa Francisco disse certa vez:

“A nossa vida e a nossa presença no mundo são frutos de uma vocação divina”,
para a qual é preciso um processo de discernimento.
“O Senhor continua nos chamando a segui-lo”.

O futuro da humanidade passa pela família, visto que, no seio familiar são postos os fundamentos pelos quais se constrói a vida e as relações de cada ser humano, tanto na Igreja, quanto fora dela. Cabe aos pais, com amor, compaixão e fé, fazer do seu lar um ambiente de paz e conduzir seus filhos nos valores cristãos. Aproveitando o mês vocacional, a aproximação da 53ª Semana Vocacional Redentorista e o dia dos pais, trazemos uma reflexão a respeito do chamado a paternidade.

Caminhe conosco, mantenha os ouvidos atentos e o coração aberto. Ouvir: a voz do Senhor te chama!

A chegada do mês de agosto nos remete ao dia dos pais e, na tradição católica, ao mês vocacional. Diante de tantas vocações da igreja como discernir se tenho vocação para ser pai? O Homem ao indagar se tem vocação para ser pai encontrará respostas examinando a sua própria vida e o discernimento vocacional virá ao encontro de seu desenvolvimento pessoal.

Leia MaisSer pai como Deus nos ensina: o exemplo de São JoséComo está a sua relação com seu pai?A santidade de Luís e Zélia, pais de Santa Teresinha A vocação como chamado é parte inseparável do nosso ser, está presente no nosso íntimo, na realidade do que somos. Para discernir se tem vocação para ser pai, é preciso colocar-se diante de si e perceber sua essência e buscar encontrar aquilo que profundamente te realiza. É importante perceber se, mais do que estar em família, você tem o real desejo de constituir uma e indagar-se se sentirá prazer em cuidar do outro e tornar-se a pedra fundamental da sustentação dos filhos.

A paternidade se caracteriza pelo cuidado, proteção, educação, provimento e segurança em relação aos filhos, oferecendo suporte e orientação no decorrer do seu desenvolvimento, ajudando-o a superar cada etapa da vida e proporcionando condições de atingir o ápice de seu estado físico, emocional, intelectual e espiritual.

arquivo pessoal
arquivo pessoal
Marcelo, psicólogo

Além disso, tem também a função de acolhimento e amparo para a mãe, oferecendo condições para que exerça em plenitude a sua maternidade. O pai nasce ao nascer do filho, a vocação e preparo para a paternidade se desenvolvem ao longo da vida. Nisto se dá importância em estarmos atento à nossa vocação e ao Chamado de Deus para sermos pais.

Marcelo da Silva Barbosa
Psicólogo CRP:06/113185


Participe da 53ª Semana Vocacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.