Por Thamara Gomes Em Notícias Atualizada em 06 DEZ 2017 - 15H55

Não tenho apoio dos meus pais para seguir a vocação religiosa. O que fazer?

Muitos jovens nos procuram todos os dias para conversar sobre vocação. Alguns deles já nos relataram a falta de apoio da família, o que acaba dificultando o processo de discernimento vocacional. O que fazer diante de uma situação como essa?

:: Os pais podem forçar os filhos a seguir uma vocação?

Primeiramente devemos dizer que, na maioria das vezes, isso acontece pois nós, seres humanos, criamos sempre expectativas demais, inclusive no que diz respeito à vida de outras pessoas. E isso não vale apenas para pais e filhos, mas também para todos os tipos de relacionamento. Quantas vezes nos decepcionamos porque alguém não se mostrou exatamente como imaginávamos que fosse?

Isso explica um pouco da objeção de alguns pais em relação ao caminho escolhido pelos filhos. Crianças e jovens muitas vezes são tratados como propriedade dos pais e não lhes é dado o direito de fazer as próprias escolhas. É claro que todo pai e toda mãe quer o bem de seu filho, isso ninguém discute, mas até que ponto é válido interferir na vida (e na felicidade) do outro?

Pixabay
Pixabay

Em catequese no Vaticano, o Papa Francisco ressaltou que os filhos não devem ser instrumentos de realização pessoal ou de posse dos pais.

“Os filhos são um dom. Cada um é único e irrepetível e, ao mesmo tempo, inconfundivelmente ligado às suas raízes. Segundo os desígnios de Deus, os filhos trazem em si a memória e a esperança de um amor que lhes deu origem”.

:: Tenho medo de deixar tudo para seguir minha vocação. O que fazer? 

O pontífice deixou um conselho aos pais: “Podemos aprender a boa relação entre as gerações tomando como exemplo o nosso Pai celeste, que deixa cada um de nós livre, mas nunca nos deixa sozinhos. Nosso Pai celeste quer que seus filhos sejam corajosos e progridam sempre na vida. Os filhos, por sua vez, não devem ter medo de construir um mundo novo, melhor do que aquele que receberam”.

Aos jovens que enfrentam essa dificuldade em casa, coragem! Converse com seus pais sempre com serenidade e mostre, através de atitudes cristãs, que esta é a sua opção de vida. Todo pai quer ver o filho feliz! Saiba também que as barreiras fortalecem a vocação. Se Deus colocou este desafio em seu caminho é porque, de alguma maneira, isso vai te ajudar a amadurecer diante deste chamado.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Thamara Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.