Portal A12

Santo do Dia

Busque por:

Teodósio nasceu em 423 na Capadócia (Turquia), recebendo sólida formação cristã na família. Jovem, impressionou-se com a história de Abraão, sentindo-se como ele chamado a partir para o lugar que Deus lhe mostrasse. Fez então uma peregrinação à Terra Santa, onde conheceu São Simeão Estilita, que profetizou ser ele escolhido por Deus como instrumento de salvação de muitos.

Decidiu levar vida religiosa num convento, próximo à torre de Davi, e seus progressos na vida espiritual monástica levaram a que lhe fosse oferecida a provedoria de uma igreja de Nossa Senhora, perto de Belém. Mas as constantes visitas não eram compatíveis com a vida solitária que desejava, e por isso mudou-se para uma gruta isolada, onde viveu 30 anos. Mas sua fama de santidade, pela humildade e caridade, atraiu discípulos, de modo que acabou organizando o regulamento para uma comunidade, que chegou a ter 400 monges. Ali ele construiu uma hospedaria para os peregrinos e um hospital, com setores feminino, masculino e para doentes mentais. Tudo era mantido pela Providência divina, na qual Teodósio confiava ilimitadamente.

O bispo de Jerusalém, conhecendo a santidade e capacidade administrativa de Teodósio, nomeou-o arquimandrita (superior geral) dos monges da Palestina. Juntamente com São Sabas, outro mestre do monaquismo, Teodósio defendeu a Fé contra a heresia monofisita, que negava a distinção das naturezas divina e humana de Cristo; como o imperador Anastásio apoiasse os hereges, foi perseguido e exilado, mas não muito tempo depois voltou a Jerusalém, após a morte do imperador.

 Faleceu em 529, com 105 anos. Seu mosteiro durou mais de um milênio, quando foi destruído pelos muçulmanos. Os monges gregos ortodoxos o reconstruíram no início do século XX.

Colaboração: José Duarte de Barros Filho



Reflexão:

São Teodósio é considerado um dos maiores líderes do monaquismo oriental do século V. Impressionante é a sua confiança em Deus, que o levou primeiramente a viajar, e, depois, a aceitar uma missão que, a princípio, não era a que desejava: isolando-se em busca de vida solitária, tornou-se organizador de vasta comunidade religiosa, que atendia também a peregrinos, e exigiu a construção e administração de um hospital. Os caminhos da nossa santidade dependem sempre da vontade do Pai, e não da nossa: só a humilde e alegre aceitação dos Seus desígnios garantem a fecundidade espiritual que devemos ter, para benefício nosso e dos irmãos, e maior glória de Deus.

Oração:

Senhor, que nos conduzis nos caminhos dos desertos desta vida, concedei-nos que, como São Teodósio, cujo nome significa "presente de Deus", sejamos ofertas dignas para a comunidade de todos os Vossos Filhos, através da plena confiança no Vosso querer e plena disponibilidade no Vosso serviço. Por Jesus Cristo, que nos ensinou a rezar “Seja feita a Vossa vontade”, e Nossa Senhora, que nos deu o exemplo de perfeita “serva do Senhor”. Amém.

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.