Por Victor Hugo Barros Em Releases Atualizada em 23 FEV 2018 - 12H16

PEMSA inicia ano letivo com recorde de inscritos

Mantida pelo Santuário de Aparecida, iniciativa forma novos músicos gratuitamente

Thiago Leon
Thiago Leon
Recital PEMSA

Os sons da música clássica que ecoam no prédio de número 80 da rua Oliveira Braga, em Aparecida (SP) ganharam um reforço a mais no começo deste ano. Isso porque o Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida – PEMSA iniciou 2018 com número recorde de inscritos. Ao todo, 680 jovens e crianças são atendidos gratuitamente pela iniciativa, mantida pelo Santuário Nacional.

O crescimento de alunos em 2018 foi possível graças ao investimento realizado na nova sede do Projeto, inaugurada em janeiro de 2017. O espaço conta com refeitório, salas de coordenação, depósitos, sanitários e ambientes para estudo individual e coletivo. Além disso, as instalações foram adequadas de acordo com as normas de acessibilidade.

As novidades possibilitaram o aumento das turmas de novos músicos. Para se ter uma ideia, antes das novas instalações o número de atendidos era de 400. Duzentos e oitenta a menos do que hoje.

“É nosso recorde no número de beneficiados. Notamos que o PEMSA está cada vez mais conhecido. Isso acaba trazendo mais gente até aqui”, conta a gerente administrativa do local, Patrícia Filardo.

Outro fator que contribuiu para o crescimento do Projeto foi o início de duas novas oficinas: uma de violão e outra de guitarra. Oferecidas em dois períodos, ambas já estão completas, assim como grande parte das outras 16 turmas.

O sucesso fez com que o número de vagas ofertadas inicialmente tivesse que ser ampliado. Filardo, porém, destaca que as implicações impactam diretamente na rotina e manutenção do PEMSA. “Com esse novo número de alunos, temos também novos desafios: manter a qualidade já reconhecida do Projeto, continuar atendendo com amor e carinho, além de adequar nossos lanches e uniformes para quem está chegando”.

Isso porque além do ensino da música, quem participa do Projeto conta também com o apoio de uma equipe multidisciplinar composta por psicóloga, assistente social, nutricionista e fonoaudióloga. Tudo isso para garantir o desenvolvimento integral dos novos músicos.

De acordo com o administrador ecônomo do Santuário Nacional, padre Daniel Antônio da Silva, o apoio do maior templo mariano do mundo à educação pela música é uma aposta na juventude. “Construir gente é missão do Santuário. Por meio do PEMSA nós desejamos investir no futuro destes jovens. Mais do que músicos, queremos formar pessoas que possam se inserir na vida social ou até mesmo recobrar a sua dignidade”, finaliza.

Fonte: Santuário Nacional

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.