Por Santuário Nacional Em Notícias Atualizada em 29 NOV 2018 - 16H22

10 lições do Congresso Internacional em Roma para Santuários

Entre os dias 27 e 29 de novembro, representantes do Santuário de Aparecida participaram do primeiro Congresso Internacional de Reitores e Agentes de Pastorais dos Santuários, realizado em Roma.

Pe. João Batista de Almeida
Pe. João Batista de Almeida

::Conselhos do papa Franciscos aos reitores e agentes de pastorais dos Santuários

Padre João Batista, reitor do Santuário Nacional resumiu em 10 pontos todo o conteúdo absorvido nesses três dias de evento. “Creio que, para o Santuário Nacional, alguns desses dez elementos já estão muito presentes em nosso dia-a-dia, mas outros precisam ainda ser melhor trabalhados ou implementados”.

1º - Todo o Congresso foi uma comunhão eclesial. Nós não estamos isolados; nós vivemos em comunhão com a Igreja Católica do mundo todo e, principalmente, com os outros Santuários, que também acolhem milhões de peregrinos mundo afora;

2º - Acolher todos os peregrinos que vão ao Santuário. Ser porta aberta, tanto para aqueles que creem, como para aqueles que não creem, devotos e não-devotos. Todos precisam ser acolhidos - e muito bem acolhidos;

3º - Favorecer o silêncio para a oração pessoal e a oração comunitária. É preciso criar momentos de silêncio e espaço de silêncio no Santuário;

4º - Valorizar os dois sacramentos principais que são feitos no Santuário: a celebração da Eucaristia e a celebração do sacramento do Perdão, a confissão, a celebração da misericórdia;

5º - Cuidar da preparação dos agentes, sacerdotes, religiosos e leigos que prestam serviço no Santuário. Todos precisam ser muito bem preparados para acolher os peregrinos que visitam o Santuário;

6º - Combater cultura da indiferença que se vive mundo afora. A falta de compromisso por parte dos peregrinos que vão ao Santuário, porque não querem se comprometer com a sua comunidade local ou não querem se comprometer religiosamente;

7º -  Valorizar a piedade popular. O papa Francisco, durante sua fala no encerramento do Congresso, disse que a piedade popular é a maneira de evangelizar mais eficaz para o mundo de hoje;

8º - Criar uma cultura evangelizadora em tudo que se faz e em todo o espaço do Santuário. Tudo deve ser evangelizador, desde a arquitetura, a arte, os eventos. Seja ato religioso ou não, seja espaço sagrado ou não, tudo deve levar à evangelização;

9º - Alimentar a esperança dos peregrinos que procuram o Santuário. Um palestrante nos disse que todos nós, seres humanos, temos um desejo. Então, alimentar esse desejo deve receber uma atenção dos Santuários;

10º - O devoto, ao retornar da sua romaria ou da sua peregrinação, deve sentir-se enviado para uma missão. Deve sentir-se compromissado com tudo aquilo que ele viu, rezou e sentiu no Santuário.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.