Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 21 SET 2017 - 16H50

Águas do Brasil serão abençoadas nas celebrações dos 300 anos de Aparecida

Santuário de Aparecida recebe as amostras das águas dos principais rios brasileiros, coletadas pela Marinha do Brasil. Foto: Marília Ribeiro

A convite do Santuário Nacional a Marinha do Brasil participa das celebrações dos 300 anos de Aparecida contribuindo com a coleta das águas dos principais rios brasileiros, para serem abençoadas no dia 1º de outubro, abertura da novena da Padroeira do Brasil.

::Confira a programação da Novena e Festa da Padroeira do Brasil::

A representação da Marinha em todo o território nacional foi responsável pela coleta nas bacias hidrográficas dos rios Amazonas, São Francisco, Tocantins-Araguaia, Paraná, Paranaíba, Uruguai, Paraguai, Atlântico Nordeste Oriental, Atlântico Nordeste Ocidental, Atlântico Leste e Atlântico Sudeste, reunindo amostras de 79 rios.

A primeira coleta de água foi realizada no Rio Amazonas, no dia 21 de março, pelo Arcebispo Ordinário Militar do Brasil, Dom Fernando Guimarães.

Confira algumas fotos da coleta das águas realizada pela Marinha do Brasil:

O capelão da Marinha no Brasil, padre Luiz Carlos Cardoso de Diniz foi o responsável juntamente com outros membros da Marinha do comando de São Paulo, a trazer águas coletadas. Em entrevista o capelão expressou gratidão em participar das comemorações dos 300 anos, e afirmou que é uma oportunidade para a Marinha se consagrar a Nossa Senhora Aparecida.

 

É uma alegria muito grande poder fazer parte desse momento ... Pra mim é significativo estar aos pés de Nossa Senhora 

“É uma alegria muito grande poder fazer parte desse momento histórico que o Brasil possibilita que nós participemos. Pra mim é significativo estar aos pés de Nossa Senhora e poder colaborar com mais esse simbolismo todo, onde a Marinha se consagra sobre os pés e o manto de Nossa Senhora Aparecida.”

As águas serão condicionadas em francos especiais, assim como tendo sido feito com as terras dos estados brasileiros e o Distrito Federal.  A ação recorda a origem da imagem de Nossa Senhora Aparecida, que veio das águas do rio Paraíba do Sul.

“Todo o povo estará aqui no Santuário, quando abriremos a novena de Nossa Senhora Aparecida, e as águas serão entronizadas neste dia, juntamente com as terras que foram coletadas nos 26 estados brasileiros e distrito federal,” explica padre Rodrigo Arnoso.

Veja as fotos da chegada dos galões de água no Santuário de Aparecida no mês de julho, recebidas pelo missionário redentorista e prefeito de igreja, padre Rodrigo Arnoso.



O prefeito de Igreja do Santuário afirma que ter essas águas nas comemorações dos 300 anos de Aparecida significa acolher todo o Brasil, lembrando também da importância desse bem natural na vida do ser humano.

“Pra nós significa acolher o Brasil em cada porção dessa água, em cada frasco com água nós temos um pouquinho do nosso Brasil... e Maria aqui neste santuário nos ensina isso, ela veio das águas, as águas que para nós tem um sentido muito importante, pois é pelas águas do batismo que nascemos para uma vida nova, a água é fonte de vida... então ter essas águas aqui no Santuário é também valorizar este dom de Deus, este dom que é dado para saciar a nossa cede, para nos fortificar, para nos dar força também para a grande missão que temos de sermos missionários e discípulos de Jesus Cristo.”

Após as celebrações do Jubileu dos 300 anos, as águas ficaram expostas no Museu Nossa Senhora Aparecida para visitação de todos os romeiros.

Veja também
::Santuário Nacional e Marinha realizam uma homenagem especial::

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.