Por Campanha dos Devotos Em Notícias

Evangelho (Mt 18,15-20)

“Se seu irmão pecar, vai corrigi-lo, mas em particular, a sós contigo!

Se ele te ouvir, ganhaste o teu irmão.” 

Não é fácil seguir essa orientação de Jesus. Nós facilmente criticamos os erros de nossos irmãos, mas raramente temos coragem de lhes falar e apontar o caminho certo.

Corrigir quem erra é exigência da caridade, do amor fraterno. Por isso mesmo deve ser sempre um gesto de amor e de amizade, não de condenação e exclusão.

Não posso esquecer que minha obrigação de ajudar assim o irmão é tanto maior quanto maior minha responsabilidade por ele. Tenho dificuldade em achar o momento certo e as palavras certas, mas com jeito é possível.

E com oração, pedindo que Deus me inspire, e toque e abra o coração do próximo, e o ajude a se corrigir.

Talvez, para eu aprender a correção fraterna, o melhor seja eu estar sempre pronto a aceitar que me corrijam. 

Oração

Senhor Jesus, reconheço que tenho faltado muito com essa minha obrigação de caridade fraterna. São muitos os motivos e desculpas que poderia apresentar. Mas sei que são mais pretextos ou sinais de meu pouco amor. Ajudai-me. Dai-me olhos compreensivos, mais prontos a ver o bem do que o mal. Fazei-me sábio e prudente, para poder saber o que é certo e como devo orientar meu irmão. Ensinai-me palavras moderadas e mansas, para que não exagere a gravidade do erro, nem provoque reações e resistências. E se, apesar de meus esforços, minha ajuda não for bem aceita, que eu não me exalte, nem me sinta ofendido. E principalmente que eu não saia dizendo a todos que meu irmão não tem conserto. Amém.

 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Campanha dos Devotos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.