Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 27 MAI 2018 - 13H43

Peregrinação nacional reúne famílias ao redor do Altar da Mãe Aparecida

Nesse fim de semana o Santuário de Aparecida recebeu famílias de todo o Brasil para a 10ª Peregrinação e o 8º Simpósio Nacional da Família. O evento aconteceu nos dias 26 e 27 de maio, meditando o tema ‘O Evangelho da família, alegria para o mundo!’, apresentando reflexões em sintonia com a Exortação Apostólica Amoris Laetitia publicada pelo Papa Francisco em 2016.

Carolina Alves
Carolina Alves
Famílias se reúnem para celebrar a Eucaristia em Ação de Graças pelo encontro

A programação aconteceu no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida e no Altar Central, com acolhida das Famílias nas Celebrações Eucarísticas em intenção ao evento.

O primeiro momento de acolhida das famílias na Basílica da Mãe Aparecida ocorreu no sábado (26) à tarde , para a oração do Santo Terço. Às 18h, a Missa de Abertura foi presidida por Dom João Bosco, Bispo de Osasco (SP) e Presidente da Comissão Vida e Família da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Após a celebração, as famílias se uniram em uma Procissão Luminosa em volta do Santuário, que foi concluída na Tribuna Bento XVI com um momento oracional.

Leia MaisRádio Aparecida transmite missa da 10ª Peregrinação Nacional da FamíliaAparecida (SP) acolhe 8º Simpósio e 10ª Peregrinação Nacional da Família Como a oração do Terço pode ajudar a minha família?No domingo (27) as famílias tiveram novamente, duas missas especiais em ação de graças pela Peregrinação e o Simpósio. A primeira, às 7h30, foi presidida por Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida (SP).

Às 10h, Dom Wilson Tadeu Jönck, Arcebispo de Florianópolis (SC), e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Família da CNBB, celebrou a Santa Missa junto a dezenas de famílias reunidas no Altar Central.

O sacerdote começou a homilia motivando os fiéis a se lembrarem de todas as pessoas que pedem oração. Com as mãos no coração, Dom Wilson, reforçando a Solenidade da Santíssima Trindade, ressaltou que cada um é templo do Espírito Santo.

O Arcebispo também recordou o Ano do Laicato e refletiu que pastorais e movimentos da Igreja devem servir com o objetivo de promover a unidade nas paróquias e comunidades, a fim de fortalecê-las. Com base no amor, no testemunho do Evangelho e em comunhão, a exemplo da Santíssima Trindade, leigos e leigas têm a missão de tornar a Igreja um ambiente familiar. "A paróquia deve ser uma família que busca viver a unidade permanentemente", enfatizou.


2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.