Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Santuário Nacional acolherá a 3ª Romaria Padre Vítor Coelho em fevereiro

A 3ª Romaria Padre Vítor Coelho de Almeida vai acontecer entre os dias 13 e 16 de fevereiro no Santuário Nacional de Aparecida.

Foto de: CDM/Santuário Nacional

Padre Vítor no Congresso Eucarístico em 1985.

O Missionário Redentorista será homenageado com a romaria que leva o seu nome e que neste ano terá uma programação diferenciada.

Um tríduo abre as atividades da romaria, que a cada dia refletirá um tema específico.

 

 

Em entrevista ao A12.com, o reitor do Santuário Nacional, padre Domingos Sávio da Silva, falou sobre as novidades e a programação da romaria.

 

 

O reitor ainda deixou um convite aos fiéis para que possam celebrar essa experiência de fé no Santuário.

Confira a programação completa:

13 de fevereiro – ‘Padre Vítor, homem de fé: acreditou no futuro’

9h – Missa no Santuário

15h – Consagração na Matriz Basílica

18h – Missa na Matriz Basílica

14 de fevereiro – ‘Padre Vítor, formador de comunidade’

9h – Missa no Santuário

15h – Consagração na Matriz Basílica

18h – Missa na Matriz Basílica

15 de fevereiro – ‘Padre Vítor, promotor de vocações’

9h – Missa no Santuário

15h – Consagração na Matriz Basílica

18h – Missa na Matriz Basílica

(Acolhida, exibição de documentário, consagração a Nossa Senhora e bênção)

16 de fevereiro

8h e 18h - Missa no Santuário

15h – Consagração na Matriz Basílica

Entre os dias 13 e 28 de fevereiro haverá exposição de fotos do Padre Vítor na Marquise do Centro de Apoio ao Romeiro e uma exposição de objetos do Padre Vítor no Hall da Torre Brasília.

Padre Vítor Coelho de Almeida - O padre Redentorista nasceu em Sacramento (MG), trabalhou com muito zelo nas Santas Missões, na Rádio Aparecida, no Santuário de Nossa Senhora Aparecida e em outras cidades.

Foto de: CDM/Santuário Nacional

Padre Vítor, ao centro da foto, entre os fiéis.

Foi um dos fundadores e diretor da Rádio Aparecida entre 1965 e 1970, e também mentor do Clube dos Sócios.

Antecipou-se a seu tempo, pois valorizou a participação do leigo na missão da Igreja, afirmando sem temor que “quem ajuda a pregação, tem merecimento de pregador”.

O missionário de Nossa Senhora faleceu em 1987, com 87 anos de vida. Em 1997, padre Vítor foi apresentado ao Vaticano pela Arquidiocese de Aparecida, através de Dom Aloísio Lorscheider, como candidato a ter sua santidade reconhecida oficialmente pela Igreja.

Atualmente, seu túmulo, no centro de Aparecida, junto ao convento dos Missionários Redentoristas, é visitado por milhares de pessoas.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.