Por Academia Marial Em Palavra do Associado Atualizada em 06 AGO 2020 - 14H02

Nossa Senhora de Suyapa – Senhora dos Humildes

Padroeira de Honduras


Aparecida do Brasil Lembranças de Fé
Aparecida do Brasil Lembranças de Fé
Padroeira de Honduras - Obra: Beto Leite

Título Oficial: Nossa Senhora da Conceição de Suyapa

Padroeira: Honduras

Festa: 03 de Fevereiro

Aos pés da colina El Picacho em um vale bastante estreito formado pelo rio Choluteca também chamado de Rio Grande, localiza-se a capital e a maior cidade de Honduras, Tegucigalpa. Fundada pelos espanhóis em 1578 com o nome de San Miguel de Tegucigalpa. A 7 km de Tegucigalpa está a Vila de Suyapa, centro da fé mariana de Honduras. A história em torno da pequena imagem da Imaculada Conceição de Suyapa teve inicio no longínquo fevereiro de 1747. Vivia nas proximidades da Vila de Suyapa uma senhora de nome Isabel Colindres, era a matriarca de uma família bastante numerosa. Com certa regularidade enviava seus filhos para o trabalho nas lavouras de milho nas terras montanhosas de Piligüín.

Em 3 de fevereiro de 1747, o jovem camponês Alejandro Colindres e seu sobrinho de oito anos Lorenzo Martinez foram para a fazenda a uma certa distância de sua casa. Depois de um longo dia de trabalho, começaram a voltar para casa, mas, vencidos pelo cansaço e pelo cair da noite, decidiram dormir à beira da estrada¹. Deitaram-se no chão duro. Em seguida Alejandro sentiu que um objeto, semelhante a uma pedra, o impedia de acomodar os ombros. Na escuridão apanhou o objeto e o atirou longe. Curiosamente, ao deitar-se mais uma vez sentiu o mesmo incômodo. Desta feita, não lançou fora o objeto. Intrigado com o acontecimento guardou a provável pedra em sua mochila. Ao amanhecer, já à luz do dia, descobriu estupefato que o misterioso objeto era uma pequena e graciosa imagem de Nossa Senhora da Conceição talhada em cedro. Ao chegar em sua casa, mostrou a imagem a seus familiares e a notícia do achado milagroso logo se espalhou. Teve início a devoção à imagenzinha, começaram os milagres e os peregrinos surgiram de diversos lugares da região e até do país. A imagem mede apenas seis centímetros e meio; trata-se de uma escultura antiga. Seu olhar angelical reflete a nobreza da raça indígena. Têm o rosto ovalado e tez morena, as faces arredondadas. Seus vastos cabelos chegam aos ombros. Suas diminutas mãos encontram-se unidas em atitude de oração. A cor original de suas vestes é rosa pálido, que apenas se deixa entrever por estar totalmente cobertas por um manto escuro cravejado de estrelas. Possui um resplendor de prata formado por dois aros em forma do número oito dos quais saem os raios que rodeiam a Virgem². Ela foi então colocada em um lugar especial na casa da mãe de Alejandro, onde permaneceu até cerca de 1780, e foi nesse período que sua reputação se consolidou como uma imagem milagrosa com poderes de cura e muitos seguidores dedicados. Foi nesse ponto que a primeira igreja menor foi construída³.

A fama e a reputação de La Morenita como operadora de milagres se espalharam rapidamente entre a pobre população nativa para quem sua aparência era tão importante quanto às aparições da Virgem de Guadalupe na Cidade do México. Ela foi considerada a bênção especial de Deus para os camponeses e trabalhadores indígenas da região. Sempre que alguém estava em extrema necessidade, a família Colindres chegava com a pequena estátua, para que a Rainha do Céu pudesse visitar a pobre alma4.

O primeiro prodígio da Virgem de Suyapa aconteceu com José de Zelaya y Midense, capitão dos Granadeiros. Ainda muito jovem, sofria de sérios problemas renais, e não havia remédio que o curasse. No auge de seu sofrimento, alguém lhe fala da Imagem de Nossa Senhora de Suyapa. Pede para vê-Ia. A mãe de Alejandro deixa que a levem até a casa do capitão. Esse a recebe de joelhos e pede-lhe a cura, prometendo construir-lhe uma capela em sua aldeia. Não passaram três dias e o capitão expeliu as pedras que durante anos foram à causa de suas dores. Depois de alguns anos o capitão, completamente curado, construiu em sua fazenda, no vale de Suyapa, uma capela para a Virgem. A pequena capela passou por diversas transformações, e hoje é o Santuário de Nossa Senhora de Suyapa, cuja festa é celebrada no dia 3 de fevereiro5.

Em 1925, Pio XI declarou Nossa Senhora de Suyapa padroeira da República de Honduras, e o dia 3 de fevereiro foi escolhido como seu dia de festa com a devida Missa e ofício. O primeiro santuário foi abençoado em 1780 e o primeiro notável milagre atestado, ocorreu em 1796. A enorme igreja atual, com espaço para a multidão de peregrinos que visitam Suyapa, foi visitada por João Paulo II em 1983. Na terra dos pobres, este santuário de Santa Maria de Suyapa está localizado em uma das partes mais humildes da cidade6.

Vinícius Aparecido de Lima Oliveira
Associado da Academia Marial de Aparecida

________________________________________________________________________________________________

Bibliografia:

1. Interfaith Mary Page - HONDURAS – page - O Querido Escuro (La Morenita) / A Virgem de Suyapa / Santa Maria da Conceição / Padroeira de Honduras e toda a América Central / Comandante em Chefe das Forças Armadas - http://interfaithmary.net/blog/honduras
2. OOCITIES – Nossa Senhora de Suyapa – Patrona de Honduras - http://www.oocities.org/heartland/bluffs/6737/Suyapa/Suyapa.htm
3. BILLY, Weiss - Honduras This Week – La Virgen de Suyapa – Explorando um mito moderno hondurenho.
4. Interfaith Mary Page - HONDURAS – page - O Querido Escuro (La Morenita) / A Virgem de Suyapa / Santa Maria da Conceição / Padroeira de Honduras e toda a América Central / Comandante em Chefe das Forças Armadas - http://interfaithmary.net/blog/honduras
5. MICHEL, Maria e seus Titulos – Nossa Senhora de Suyapa (Padroeira de Honduras), 3 de Fevereiro - http://mariaeseustitulos.blogspot.com/2018/09/nossa-senhora-de-suyapa-padroeira-de.html
6. University of Dayton – Titulos latino-americanos de Maria – Nossa Senhora de Suyapa - https://udayton.edu/imri/mary/l/latin-american-titles-of-mary.php

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.