Por Beatriz Nery Em Notícias Atualizada em 29 AGO 2018 - 16H28

Entenda o corte de juízes e rezoneamento feito pelo TSE


Leia Mais38% dos candidatos declaram patrimônio zero nas eleições 2018; 10% são milionáriosTempo na TV do candidato influencia eleição?Haverá renovação de políticos no Congresso Nacional? EntendaTSE tem nova ministra: Rosa WeberCientista política analisa a representatividade feminina nas eleiçõesO Tribunal Superior Federal decidiu, nesta semana, que 395 juízes e 395 promotores fossem cortados das eleições desse ano. A justificativa seria a economia de despesas de quase R$ 61,5 milhões.

O advogado especialista em Direito do Estado e que faz parte do Instituto Millenium, Sebastião Ventura, respondeu quais os impactos dos cortes para o pleito desse ano e não poupou críticas à medida.

“Estamos num momento de definição do futuro do Brasil e é fundamental que o resultado das urnas seja naquele dia. A justificativa do corte é garantir a lisura e a justiça do pleito, mas, para o fundo partidário bilionário, não faltam recursos. O Brasil precisa decidir qual é a sua prioridade de gasto público”, afirma.

Com o corte dos promotores e juízes que atuam nas zonas eleitorais durante as eleições, consequentemente, essas zonas serão reduzidas. No total, 3.040 zonas serão reduzidas a 2.645. A medida acarretará em algumas situações onde, em alguns municípios, os eleitores terão que viajar mais de 100 km se quiserem efetuar alguma denúncia.

Entenda os resultados dessa medida:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.