Por Redação A12 Em Dúvidas Religiosas Atualizada em 12 ABR 2019 - 13H52

O que a Igreja diz sobre cremação?

"Quero ser cremado (a) e quero que minhas cinzas sejam jogadas no mar!" 

Mas espera! Será que católico pode ser cremado? E será que as cinzas podem ser espalhadas por aí? Pe. Camilo voltou no tempo na história da Igreja para responder essa pergunta, feita por um dos leitores do A12.

Em 6 pontos, ele explica todas as informações sobre o assunto. Confira!

1. Na maior parte de sua história, a Igreja Católica somente permitiu o enterro como destino do corpo após a morte, vendo que esta seria a prática melhor para representar a esperança na ressurreição.

2. Principalmente após a revolução francesa, no século XVIII, a Igreja intensificou a proibição de se cremarem os corpos dos cristãos, pois, durante aquele período houve uma grande campanha contra a fé cristã, propagando a cremação dos corpos num contexto onde se queria destruir a fé na vida eterna e, principalmente, onde se queria destruir a doutrina da Igreja Católica sobre a vida após a morte.

Leia Mais Como posso me preparar para uma boa confissão? Por que receber as cinzas? Católico pode participar de celebrações em Igreja Evangélica? O leigo pode abençoar a água?3. O Concílio Vaticano II deu novas orientações para os católicos que desejassem ter seus corpos cremados após a morte. A Igreja entende que a cremação, em muitas situações, se faz necessária, principalmente em lugares de grande população, onde não há espaço suficiente para o sepultamento dos corpos.

4. Porém, mesmo orientando que a cremação é uma possibilidade digna de destino dos corpos dos católicos após a morte, a Igreja ensina que as cinzas não podem ser espalhadas em matas, no mar, divididas ou mesmo mantidas em casa, mas sim devem ser guardadas num lugar sagrado e aprovado pela Igreja, seja nos cemitérios ou espaços próprios criados para este fim.

5. A conservação das cinzas num lugar sagrado é importante para se manter a memória dos fiéis falecidos pelos seus familiares. É importante ter um lugar onde se possa reverenciar e rezar a memória daqueles que caminharam entre nós e agora vivem no céu, na morada do Eterno Pai, principalmente no dia de Finados, onde fazemos memória de todos os fiéis falecidos. Ir a um local onde se possa acender uma vela ou depositar uma flor é importante para não afastar a memória dos falecidos da recordação dos parentes e da comunidade cristã.

6. Porém, mesmo orientando que a cremação pode ser feita, a Igreja aconselha que, onde seja possível o sepultamento dos corpos, que assim seja feito, como recordação do próprio Cristo, cujo corpo foi colocado no sepulcro, e memória também de todos os primeiros cristãos mártires, cujos corpos eram sepultados nas catacumbas, sendo mais conhecidas as de São Calixto, em Roma.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Dúvidas Religiosas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.