Por Redação A12 Em Santo Padre Atualizada em 01 NOV 2017 - 10H26

"Humanidade corre risco de suicídio", diz Francisco sobre armas nucleares


Shutterstock
Shutterstock

“A humanidade corre o risco de suicídio.”. Foi o que disse o Papa Francisco durante sua visita à sede do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, na segunda-feira, 30 de outubro, referindo-se à ameaça das armas nucleares.

Numa nota divulgada recentemente, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke, informa que o Vaticano fará um encontro importante sobre o tema “Perspectivas para um mundo livre de armas nucleares e para o desenvolvimento integral”. O evento contará com testemunhos de sobreviventes de Hiroshima.

Leia MaisNúmero de seguidores do Papa Francisco no Instagram chega a 5 milhões“O Santo Padre trabalha com determinação a fim de promover as condições necessárias para um mundo sem armas nucleares, conforme reiterado por ele, em março passado, na mensagem para a ONU. É falso falar de mediação da Santa Sé”, afirma Burke, como afirmado pela mídia italiana sobre a crise em andamento entre Estados Unidos e Coreia do Norte.

O encontro, promovido pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, se realizará na Sala Nova do Sínodo, no Vaticano, nos dias 10 e 11 de novembro.

Segundo a subsecretária do organismo vaticano, Flaminia Giovanelli, Francisco reiterou a sua denúncia contra o comércio de armas. “Estamos numa verdadeira 'guerra’. Falando sobre as armas nucleares, uma ameaça que infelizmente está presente há décadas e se torna mais aguda, como nos dias atuais”.

Fonte: Rádio Vaticano

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.