Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 23 JUN 2020 - 08H26

100 anos da morte do Padre Valentim Von Riedl

Como os primeiros missionários redentoristas que chegaram em Aparecida, Padre Valentim Von Riedl era alemão. Veio para o Brasil por vocação e vontade próprias. Morou nestas terras durante 25 anos e viveu 73.

No dia 22 de junho de 2020 recordamos os 100 anos de sua data de morte, e queremos aqui relembrar a sua história de vida!

Conheça um pouco mais sobre a história deste missionário redentorista:

Comissão do Patrimônio Histórico da Província
Comissão do Patrimônio Histórico da Província
Padre Valentin Von Riedl, C.Ss.R.


Padre Valentim nasceu no dia 19 de outubro de 1847, e teve uma vida extraordinária. 
Foi um aluno aplicado e possuía uma inteligência notável. 

Decidiu ser um religioso em 1869, após um retiro, e no mesmo ano ingressou na Congregação Redentorista para seguir o seu ideal de vida.

Próximo do acontecimento da Guerra Franco-Prussiana de 1870, antecipou a sua profissão religioso, fazendo seus estudos em Gars, na Alemanha.

Logo após a sua ordenação, vivenciou a perseguição religiosa na Alemanha, e ele foi obrigado a viver de paróquia em paróquia. Nessa época ele sofreu por ficar afastado de seus confrades.

Tempos depois, o seu superior provincial pediu para que ele organizasse uma escola para a formação de futuros seminaristas, para animar as vocações futuras de que tanto a sua província precisava.

Profundamente piedoso, compreensivo, e ao mesmo tempo, firme e exato em tudo, padre Valentim foi um grande educador.

A vinda para o Brasil 

Em 1894, entusiasmado com a ideia da fundação de uma nova unidade redentorista no Brasil, manifestou seu desejo por esta missão. Estava tudo certo para ele vier com a primeira turma que viveria em Aparecida e Goiás, mas adoeceu, e teve que adiar a realização do seu sonho. Quando recobrou a saúde, acabou sendo transferido como diretor do Juvenato.

Um ano depois, ele finalmente partiu para o Brasil com a segunda turma de redentoristas alemães. Chegando em Aparecida percebeu que a realidade era bem diferente do que havia imaginado. Mesmo sendo um homem que dominava diversas línguas, achou muito difícil aprender o português. Inteligente e determinado, meses depois já estava trabalhando na cidade e nas paróquias vizinhas.

O vice-provincial da época, padre Gebardo Wiggerman, começou a ver a necessidade da fundação de um juvenato para  formar padres brasileiros, capacitados para trabalhar com o povo, sem os problemas e dificuldades que encontravam os padres alemães.

:: Padre Gebardo Wiggerman - o primeiro missionário de Aparecida

Comissão para o Patrimônio Histórico da Província
Comissão para o Patrimônio Histórico da Província
Primeiro juvenato era no prédio onde fica o Memorial Redentorista na atualidade. Na foto, o "Collegio St. Affonso", no ano de 1903.


Apoiado na experiência e capacidade do padre Valentim, os missionários começaram a obra. Em outubro de 1898 já era realidade o
primeiro juvenato, confiado à direção firme e prudente do Padre Valentim. No início eram apenas 5 jovens sob os cuidados do padre alemão. 

Os anos se passaram e aos 72 anos, já podia contar com os primeiros padres brasileiros para o trabalho no Juvenato. Então, padre Valentim achou que podia dar por encerrado o seu trabalho de educador. Sua saúde, já era precária e não conseguia trabalhar como antes.

Recolheu-se no Convento de Aparecida, onde ainda pregou vários retiros para sacerdotes. Era sempre alegre, simples e caridoso com todos. Apesar dos anos e da saúde que ia debilitando-o cada vez mais, dedicava seu tempo à oração, no quarto ou na capela, fazendo questão de não omitir qualquer ato comum da vida religiosa.

Dessa forma, ele viu chegar seu último dia. Faleceu em Aparecida, no dia 22 de junho de 1920, cinco semanas antes de completar seus 50 anos de Profissão Religiosa.

Além do seu túmulo que pode ser visitado no Memorial Redentorista, das histórias que foram passando de geração para geração, uma lembrança ainda permanece no prédio do atual Seminário Santo Afonso (o Juvenato deu origem ao seminário). 

Sendo um prédio que já possui uma história mais que centenária, o Auditório Padre Valentim Von Riedl é palco de apresentações durante o estágio vocacional e de tantas outras atividades.

O espaço não só preserva a sua memória como também inspirou sob sua bênção, a trajetória de tantos jovens formados no carisma e na espiritualidade redentorista que passaram por ali desejosos de levar adiante o ideal da Copiosa Redenção. 

:: Conheça o Memorial Redentorista

:: Saiba quem foi foi Padre Geraldo Pires de Souza?

Seminário Santo Afonso
Seminário Santo Afonso
Auditório Padre Valentim Von Riedl no Seminário Santo Afonso em Aparecida (SP)


Fonte: CERESP.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.