Notícias

A presença dos Redentoristas nos Estados Unidos

Basílica de Boston é conhecida como “uma fortaleza de fé"

Padre Inácio Medeiros C.Ss.R.

Escrito por Pe. José Inácio de Medeiros, C.Ss.R.

18 OUT 2022 - 07H00 (Atualizada em 18 OUT 2022 - 07H39)

Arquivo da Basílica de Boston
Divulgação
Divulgação
Frente da Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Boston

Os Missionários Redentoristas chegaram aos Estados Unidos na primeira metade do século XIX. Lá se destacam figuras marcantes como a do bispo São João Nepomuceno Newman, canonizado pelo papa Paulo VI no dia 19 de junho de 1977 e de Francisco Xavier Seelos, beatificado por João Paulo II no dia 09 de abril de 2000.

Dos Estados Unidos saíram missionários para outros países como Tailândia, Nigéria e entre nós, províncias como a de Campo Grande (MS) e Manaus (AM) tem sua origem ligada ao pioneirismo desses homens.

Localizada no leste do pais a cidade de Boston, é a capital e a maior cidade do estado de Massachusetts, com quase 700 mil habitantes. O estado tem a sua formação associada aos imigrantes irlandeses e por lá o catolicismo ainda hoje tem fortes marcas e influência.

A igreja da missão!

Em Boston, os Missionários Redentoristas atuam há 150 anos na Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, tradicionalmente conhecida como “A Igreja da Missão” ou então chamada carinhosamente pelos fiéis e devotos como “uma fortaleza de fé”.

A ela acorrem muitos devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro buscando a cura para os seus males físicos e espirituais. Os muitos ex-votos colocados perto do altar do ícone atestam as graças recebidas.

A basílica está confiada aos Missionários Redentoristas da Província de Baltimore. Ela foi fundada em 1870, por imigrantes irlandeses cuja colônia é muito forte no país, especialmente na região leste do país. Na igreja ainda hoje se pode ver marcas características da religiosidade dos irlandeses e alemães que a fundaram seja na arquitetura, nas artes e na religiosidade. 

Além dos devotos tradicionalmente ligados à paróquia, hoje pela basílica passa um grande contingente de pessoas como estudantes universitários, profissionais da saúde e imigrantes de diversos países como Porto Rico, Haiti e até de países da África como Cabo Verde.

A cidade de Boston possuiu muitos hospitais, sendo um centro médico de excelência, por isso muitos daqueles que vem em busca de tratamento, além de seus parentes e familiares acabam passando pela basílica, recebendo atenção dos missionários que dela cuidam.

Leia MaisConheça o primeiro santo dos Estados Unidos: São João Neumann4 atitudes para aprender com o primeiro santo dos Estados UnidosLocalizada na região central da cidade a grande basílica chama atenção dos que por ali passam pela imponência de sua arquitetura e por suas duas torres que sobem aos céus.

Durante a pandemia da Covid-19 a basílica transmitiu missas na língua inglesa, espanhola e em criollo, língua falada no Haiti. Toda quarta-feira era celebrada uma novena de bênçãos diante do ícone da Mãe do Perpétuo Socorro.

Divulgação
Divulgação
Logomarca da missa de ação de graças pelos 150 anos da grande Basílica


Até recentemente a igreja
chegou a manter duas escolas voltadas para os norte-americanos e filhos de imigrantes. Uma delas, fundada em 1889 ainda continua sob os cuidados dos redentoristas.

Com o fim da pandemia os devotos estão voltando e foi com eles que no dia 2 de outubro de 2022 se celebrou uma missa de ação de graças pelos 150 anos da grande basílica.

Escrito por
Padre Inácio Medeiros C.Ss.R.
Pe. José Inácio de Medeiros, C.Ss.R.

Missionário redentorista graduado em História da Igreja pela Universidade Gregoriana de Roma, já trabalha nessa área há muitos anos, tendo lecionado em diversos institutos. Atuou na área de comunicação, sendo responsável pela comunicação institucional e missionária da antiga Província Redentorista de São Paulo, tendo sido também diretor da Rádio Aparecida.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...