Por Elisangela Cavalheiro Em Redentoristas Atualizada em 04 JAN 2019 - 09H32

São João Neumann: o primeiro missionário redentorista da América

Reprodução.
Reprodução.
Um homem comum que fez coisas extraordinárias.


No dia 05 de janeiro, a Igreja celebra o santo redentorista, São João Nepomuceno Neumann, um homem comum que fez coisas extraordinárias ao longo de sua vida.

São João Neumann foi canonizado pelo Papa Paulo VI no dia 17 de junho de 1977, sendo o quarto religioso redentorista a receber a honra dos altares

São João nasceu em 1811 em Prachatitz, na Boêmia, região da República Tcheca. Com 20 anos respondeu ao chamado do Senhor e entrou no seminário. Mas não foi tão fácil para o jovem vocacionado se tornar sacerdote. São João teve que cruzar o oceano para poder realizar o seu maior sonho. Somente em 1836 foi ordenado sacerdote em Nova Iorque.

Concretizando seu ideal de vida, o jovem sacerdote encontrou uma realidade pastoral exigente. Era um dos 36 padres, responsável pelo atendimento de mais de 200 mil fiéis.

São João Neumann enfrentou também muitas provações ao percorrer longas distâncias de um povoado a outro para poder levar a mensagem do evangelho, celebrar a eucaristia e ministrar os sacramentos.

Diante das inúmeras peregrinações, São João nutria o desejo de viver em uma comunidade. Com isso, em 1842, professou os votos religiosos na Congregação dos Missionários Redentoristas. Ele foi o primeiro Missionário Redentorista da América.

Depois de intensos trabalhos, aos 41 anos, o jovem sacerdote, recebeu a nomeação de Bispo de Filadélfia. Como bispo organizou um sistema diocesano de escolas católicas e fundou as Irmãs da Ordem Terceira de São Francisco, que ensinavam nas escolas. Construiu mais de oitenta igrejas durante o seu bispado.

Com uma atividade literária considerável. Escreveu numerosos artigos em revistas e jornais católicos, publicou dois catecismos e uma história bíblica para uso nas escolas. Esta atividade desempenhou até o fim de sua vida.

No dia 5 de janeiro de 1860, andando na rua teve um acidente vascular cerebral e morreu antes de receber os últimos sacramentos.

Registros históricos contam que São João Neumann ao visitar comunidades de fiéis em locais isolados, celebrava missas nas mesas de cozinhas junto ao povo, de maneira muito simples e próxima. Conta-se ainda que tinha um cavalo cujo nome era 'Geraldinho'. 

O Papa João Paulo II em 1979, em viagem apostólica aos Estados Unidos visitou o túmulo de São João Neumann na cripta da Catedral de São Pedro, na Filadélfia.

Ao chegar próximo do túmulo realizou a seguinte oração:

“Aqui estou na igreja de São Pedro para rezar sobre o túmulo de São João Neumann, missionário zeloso, pastor sacrificado, filho fiel de Santo Afonso na Congregação do Santíssimo Redentor, e quarto Bispo de Filadélfia.

Estando nesta igreja penso no único motivo de toda a vida de São João Neumann: o seu amor por Cristo. As suas orações mostram-nos este amor; porque desde pequeno costumava dizer: ‘Jesus, por ti quero viver, por ti quero morrer, quero ser teu na vida; quero ser todo teu na morte’ (Nicola Ferrante, S. Giovanni Neumann, C.SS.R., Pioniere del Vangelo, pág. 25). E como sacerdote assim orou na sua primeira missa: ‘Senhor, dá-me a santidade’.

Meus irmãos e irmãs em Cristo: esta é a lição, que aprendemos da vida de São João Neumann, e esta é a mensagem que eu hoje vos deixo: aquilo que verdadeiramente importa na vida é que sejamos amados por Cristo e que O amemos por nossa parte. Em comparação com o amor de Jesus, qualquer outra coisa é secundária. E sem o amor de Jesus, qualquer outra coisa é inútil.

Maria, Mãe do Perpétuo Socorro, interceda por nós; São João Neumann interceda por nós; e com a ajuda das suas orações consigamos nós perseverar na fé, alegres na esperança e fortificados no nosso amor por Jesus Cristo, nosso Redentor e nosso Senhor”.

Reprodução.
Reprodução.
Túmulo de João Neumann na cripta da Catedral de São Pedro, na Filadélfia.


Conheça o Santuário Nacional de São João Neumann em Filadélfia, Estados Unidos.

 Leia também: São João Neumann. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.