Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 22 JUL 2020 - 15H47

De geração em geração: a família em missão na Casa da Mãe

A família do frater Pablo Vinícius Reis Moreira, C.Ss.R., vive uma tradição há muitos anos, que passou da sua bisavó para à avó, até chegar aos seus pais, tios e primos. 

Tudo começou com a dona Delmira de Andrade Silva, falecida em 2010 aos 87 anos, bisavó paterna do frater Pablo. Segundo o religioso, ela foi uma "devota fervorosa" da Mãe Aparecida que tinha um compromisso fiel com a então Campanha dos Devotos. Frater Pablo lembra que ela sempre dizia "sou um tijolinho vivo na Casa da Mãe"

O compromisso evangelizador da dona Delmira chegou também ao coração de sua filha, Maria de Lourdes Silva Moreira, de Dores de Campos (MG), que seguindo os passos da mãe também se tornou "um tijolinho vivo", mas não parou por aí! Tanto os pais do frater Pablo, como outros tios e primos, passaram a seguir a tradição de ser "Família dos Devotos". 

Veja o depoimento: 


Para o redentorista, a Família dos Devotos existe porque é "constituída de corações generosos que amam Nossa Senhora" e que aceitam junto com os Missionários Redentoristas "o desafio de evangelizar".

"Há mais de 125 anos, anunciamos a Palavra de Deus e manifestamos, com o nosso jeito, a alegria de ser devoto. O nosso maior desejo é construir o maior e o mais querido Santuário mariano do mundo. Para isso, precisamos tomar consciência de que, agora, somos uma só Família em missão. Missão esta, assumida não só por nós, os Missionários Redentoristas, mas por todos os devotos da Mãe Aparecida", assinala frater Pablo Moreira. 

Leia MaisGraça motiva avô de seminarista a ser colaborador da Casa da Mãe Irmão Orlando fala sobre a importância da Família dos DevotosAnúncio da Copiosa Redenção chega mais longe com a Família dos DevotosFrater Pablo destaca nessa missão, as obras de manutenção e de acabamento da Casa da Mãe, que tem o nobre objetivo de cuidar do "bem estar do devoto". 

"Qual filho não quer se sentir bem na Casa da sua Mãe?! As obras da Casa da Mãe Aparecida são verdadeiros portais que nos levam a contemplar o cuidado de um espaço que não pertence a um grupo seleto, mas pertence aos católicos brasileiros que amam Nossa Senhora e que a veneram como a Senhora de suas vidas", pontua. 

Arquivo Pessoal.
Arquivo Pessoal.
Frater Pablo e a geração de colaboradoras, sua bisavó e sua avó

Entre os sentimentos que marcam os colaboradores da Casa da Mãe, como também em sua família, o frater lembra a fidelidade e a gratidão. 

"A fidelidade dos colaboradores da Família dos Devotos se manifesta na forma de gratidão. São devotos que contribuem e que veem os frutos da sua contribuição nas obras de evangelização do Santuário de Aparecida. Se sentem família no constante apelo feito por nós, os Missionários Redentoristas, para evangelizar com a alegria de ser devoto. Outro fruto marcante da contribuição da Família dos Devotos e que manifesta o sentimento de gratidão por parte dos devotos são os meios de comunicação do Santuário. Tratam-se de meios, mantidos pela Família dos Devotos, que levam as bênçãos de Nossa Senhora Aparecida e tudo o que acontece em sua Casa para todos os brasileiros", acredita. 

O lar é o espaço autêntico da formação da pessoa humana. A partir do exemplo dos pais, não só pelo que eles contam, mas principalmente pelo que eles testemunham, que os filhos aprendem e assimilam para si próprios. Por isso, também é dentro de casa que se transmite de geração a geração os valores humanos, cristãos e onde se perpetua uma tradição familiar. 

A tradição iniciada pela dona Delmira está marcada para sempre no coração da Casa da Mãe.

No Memorial dos Devotos uma singela homenagem não nos deixa esquecer aqueles que sempre transmitiram e fortaleceram a mensagem da Mãe Aparecida. 

Reprodução
Reprodução


E aí na sua família, como vocês manifestam o amor à Nossa Senhora Aparecida? Também como a família do frater Pablo? Conte pra gente aqui nos comentários. 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.